Cantora Dua Lipa visita crianças refugiadas apoiadas pelo UNICEF no Líbano

Em visita ao Líbano, a cantora Dua Lipa se encontrou nesta semana com crianças e jovens apoiados pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), muitos deles deslocados pelos oito anos de conflito na Síria. Filha de pais refugiados, ela disse se identificar com muitas das histórias que ouviu.

Em visita ao Líbano, a cantora Dua Lipa se encontrou nesta semana com crianças e jovens apoiados pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), muitos deles deslocados pelos oito anos de conflito na Síria. Foto: UNICEF

Em visita ao Líbano, a cantora Dua Lipa se encontrou nesta semana com crianças e jovens apoiados pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), muitos deles deslocados pelos oito anos de conflito na Síria. Foto: UNICEF

Em visita ao Líbano, a cantora Dua Lipa se encontrou nesta semana com crianças e jovens apoiados pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), muitos deles deslocados pelos oito anos de conflito na Síria. Filha de pais refugiados, ela disse se identificar com muitas das histórias que ouviu.

Nascida em Londres, a cantora e compositora é filha de pais kosovar-albaneses que fugiram do conflito e da instabilidade política nos Bálcãs em 1992. Sua família voltou para o Kosovo quando ela tinha 11 anos, quando oportunidades e segurança começaram a surgir na região.

“Isso é pessoal para mim. Meus pais fugiram de uma região afetada por guerra e construíram uma vida em um novo lugar. Cada criança refugiada que conheci tem pais como os meus, que tentaram tomar as melhores decisões para suas famílias”, disse Dua Lipa.

No Líbano, ela conversou sobre obstáculos que crianças e jovens enfrentam em suas vidas diárias para estudar e encontrar empregos e oportunidades. Como parte de sua visita, a vencedora de prêmios Grammy visitou projetos implementados no assentamento informal de Terbol, no vale do Beca, pela Organização Libanesa para Estudos e Treinamentos, uma organização não governamental parceira do UNICEF.

“Você pode ler sobre as condições ou ver os desafios na TV, mas você não sente de verdade as circunstâncias absolutamente duras de refugiados da Síria até ver com seus próprios olhos”, disse a cantora. “Mas a coisa mais poderosa que vi foi esperança”.

O Líbano acolhe mais de um milhão de refugiados sírios, incluindo cerca de 500 mil crianças. Muitas destas crianças enfrentaram violência e exploração e continuam lutando para receber assistência adequada de saúde ou educação.

“Em Terbol, conheci uma jovem incrível chamada Yazee. Ela tem quinze anos. Ela sonha em um dia voltar para a Síria e começar um negócio de maquiagens. Apesar de todas as desculpas que ela poderia ter dado para desistir, ela está todos os dias estudando, praticando e aprendendo sua função para um dia transformar seu sonho em realidade”.

Dua Lipa também visitou o acampamento palestino Burj el Barajneh, onde passou tempo com crianças palestinas e sírias que recebem apoio psicossocial e participam de cursos de desenvolvimento infantil.

“Estamos felizes em ter o apoio de campeãs globais como Dua Lipa para crianças vulneráveis”, disse a representante do UNICEF no Líbano, Tanya Chapuisat. “Ela se encontrou e empoderou jovens que, como ela, têm ideias e energia para criar um mundo melhor”.