Campanha da ONU contra a fome receberá perguntas do público pelas mídias sociais

Iniciativa resgata questões da Rio+20 e a mensagem da campanha o Futuro Que Queremos.

Campanha contra a fome da ONU quer participação do público via mídias sociais

Por meio do Facebook e Twitter, o público poderá participar da reunião da campanha da ONU “Construindo um Futuro Livre de Fome”. O encontro acontecerá no dia 1 de novembro, na sede das Nações Unidas em Nova York, e quer conceder a todos uma ampla possibilidade para moldar os debates. Os participantes do evento vão responder ao vivo, por meio do Webcast da ONU, as perguntas selecionadas.

A campanha irá abordar questões discutidas na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio +20) no Brasil em junho. Também reforça a mensagem da iniciativa “Construir o Futuro Que Queremos”, realizada em setembro, sobre as medidas necessárias aos desafios do desenvolvimento sustentável.

“O evento tem como objetivo promover uma ação internacional coordenada para resolver tanto a questão imediata de altos preços dos alimentos e questões de longo prazo de produção, comércio e consumo de alimentos”, explica o site da reunião, que é organizada pelo Conselho Econômico e Social das Nações Unidas (ECOSOC), com a Segunda Comissão da Assembleia Geral, a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), o Programa Mundial de Alimentos (PMA) e o Departamento de Informação Pública (DPI).

As perguntas podem ser postadas a partir de hoje no Facebook aqui ou via Twitter usando #FutureWEwant e #UNFoodSec. As questões selecionadas serão respondidas ao vivo no Webcast  da ONU ou no site do ECOSOC, onde outras informações  podem ser encontradas.