Brasil reitera apoio à Guiné-Bissau

A Guiné-Bissau pode contar com o apoio do Brasil para superar o impasse político vivenciado há quase um ano. A afirmação foi feita pelo embaixador do Brasil nas Nações Unidas, Antonio Patriota, em entrevista à Rádio ONU.

Embaixador do Brasil junto nas Nações Unidas, Antonio Patriota. Foto: ONU/Loey Felipe

Embaixador do Brasil junto nas Nações Unidas, Antonio Patriota. Foto: ONU/Loey Felipe

A Guiné-Bissau pode contar com o apoio do Brasil para superar o impasse político vivenciado há quase um ano, depois da demissão do governo do primeiro-ministro Domingos Simões Pereira. A afirmação foi feita pelo embaixador do Brasil nas Nações Unidas, Antonio Patriota, em entrevista à Rádio ONU. Ele participou de reunião do Conselho de Segurança da ONU em Nova Iorque para discutir a situação do país.

A nação afriacana de língua portuguesa enfrenta diversos desafios políticos, como a aprovação do orçamento e reformas na área de segurança. Patriota informou que há ações bilaterais para apoiar tanto governo quanto a sociedade.

“Existem operadores no setor privado que demonstram grande entusiasmo, por exemplo, pelo potencial agrícola de Guiné-Bissau, que é um país de terras férteis com abundância de água”, informou o embaixador. Patriota reiterou que a posição brasileira reflete este compromisso do Brasil com a estabilidade de longo prazo na nação africana.