Brasil participa de reunião do Comitê Consultivo da agência da ONU de assistência aos refugiados da Palestina

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Esta é a primeira vez que o país participa da reunião deste órgão da UNRWA, que delibera sobre as principais metas e estratégias da agência.

Criança palestina participa de evento de doação do Brasil. Foto: UNRWA

Criança palestina participa de evento de doação do Brasil. Foto: UNRWA

Nesta terça-feira (15), o Brasil participou, pela primeira vez, da reunião da Comitê Consultivo da Agência das Nações Unidas para os Refugiados da Palestina (UNRWA), órgão intergovernamental da agência da ONU encarregado de discutir suas principais metas e estratégias. Durante o encontro em Amã (Jordânia), o comissário-geral da UNRWA, Pierre Krähenbühl, agradeceu ao governo da Jordânia pelo apoio à causa dos refugiados da Palestina e deu as boas vindas ao Brasil e aos Emirados Árabes Unidos, os mais novos membros deste organismo.

O Brasil é o primeiro país da América Latina a ter um assento no Comitê, marcando a relação com a UNRWA que vem crescendo de forma marcante nos últimos cinco anos.

Desde 2012 o país vem, periodicamente fazendo doações para a entidade. Entre 2012 e 2013 o Brasil doou aproximadamente 8 milhões de dólares para a UNRWA, e em 2014, o país contribuiu em aproximadamente 9,2 milhões de dólares, com doações de arroz para os refugiados vulneráveis e sem acesso à alimentação. Ainda em 2014, o Brasil também enviou suprimentos médicos, contendo antibióticos, medicamentos para diabetes e hipertensão arterial e materiais descartáveis para o Centro de Saúde de Rimal, em Gaza, contribuindo com a assistência médica básica para mais de 130 mil pessoas.

Para 2015, estão previstas doações de 6 mil toneladas de arroz, prometidas em outubro passado, durante a Conferência do Cairo para a Reconstrução de Gaza.


Comente

comentários