Brasil é eleito para o Conselho de Direitos Humanos da ONU

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

País foi eleito ao lado de Arábia Saudita, Egito, Iraque, China e outros nove países. Mandato brasileiro começa no dia 1º de janeiro de 2017 e tem duração de três anos.

Foto: ONU/Pierre Albouy

Foto: ONU/Pierre Albouy

Os países-membros da ONU elegeram nesta sexta-feira (28), durante votação na Assembleia Geral, os novos integrantes do Conselho de Direitos Humanos, cuja sede é em Genebra.

Foram 18 países candidatos para 14 vagas, representando várias regiões do mundo. Eram duas cadeiras para candidatos da América Latina e do Caribe e os escolhidos foram Brasil e Cuba, país reeleito. Guatemala era o terceiro concorrente. No total, o Conselho é composto por 47 membros.

O mandato começa no dia 1º de janeiro de 2017 e tem duração de três anos. Para o bloco da África, foram escolhidos Egito, Ruanda, África do Sul e Tunísia. Representando a Europa do Leste, Croácia e Hungria.

Já Reino Unido e Estados Unidos ficaram com as duas vagas para Europa Ocidental e Outros Países. Para Ásia-Pacífico, os novos membros do Conselho serão China, Iraque, Japão e Arábia Saudita.

O Conselho de Direitos Humanos é formado por 47 países-membros, eleitos de forma individual e secreta pela Assembleia Geral. Fica com a vaga quem tem a maioria dos votos.

Neste ano, o Conselho de Direitos Humanos comemora uma década desde que foi criado, com o objetivo de reforçar a promoção e a proteção dos direitos humanos pelo mundo, debater violações e fazer recomendações aos países.

Acompanhe notícias de direitos humanos e o funcionamento da estrutura da ONU em www.dudh.org.br.

(com informações da Rádio ONU em Nova York)


Mais notícias de:

Comente

comentários