Brasil doa 2,5 milhões de dólares para Escritório da ONU sobre Drogas e Crime

O Governo brasileiro, através do Ministério da Justiça anunciou na sexta-feira (09/03) uma contribuição anual de 2,5 milhões de dólares para o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) em Brasília.

O Governo brasileiro, através do Ministério da Justiça, anunciou na sexta-feira (09/03) uma contribuição anual de 2,5 milhões de dólares para o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) em Brasília.

Com o dinheiro, o UNODC ampliará a cooperação e vai oferecer benefícios para o Brasil e a América do Sul. O Brasil é um dos principais países onde o UNODC está revisando a forma de prestar assistência técnica de acordo com as principais convenções internacionais sobre drogas e crime.

“Brasil tem 16 mil quilômetros de fronteira com dez países da América do Sul, o que naturalmente é difícil de monitorar devido à diversidade das condições geográficas. O Brasil acredita que o UNODC deve fortalecer seu papel na promoção das capacidades dos órgãos dos governos para identificar, monitorar, combater e processar as redes do crime organizado, fortalecendo a cooperação regional nesse sentido”, afirmou o Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Para saber mais, clique aqui.