Confira o boletim da ONU Brasil #257

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Edição de 13 de junho de 2018.

Visualize o boletim também em www.nacoesunidas.org/boletim257

Boletim quinzenal da ONU

Katia e Marcia são irmãs e chegaram recentemente ao Rio de Janeiro, vindas da República Democrática do Congo. O país é o principal foco de onde refugiados têm vindo para buscar segurança no estado. Apenas no primeiro trimestre de 2016, 116 congoleses vieram para o RJ. Foto: Cáritas RJ

Dia Mundial do Refugiado celebra integração, promove cultura e debate os desafios do refúgio no Brasil

Com eventos culturais e gastronômicos, mostras de cinema, debates, exposições fotográficas e até mesmo jogos da Copa do Mundo, o ACNUR (Agência da ONU para Refugiados) e seus parceiros celebram o Dia Mundial do Refugiado (20 de junho) em todo o Brasil, promovendo a integração entre brasileiros e quem teve que deixar seu país por causa de guerras e conflitos. Conheça a agenda completa.

Criança com sintomas do sarampo. Foto: Blog da Saúde/NatUlrich

OMS recomenda vacinação contra sarampo e rubéola antes de viajar para Copa do Mundo

A Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) recomenda que todas as pessoas que viajarão para a Copa do Mundo 2018 estejam com todas as vacinas em dia, incluindo aquela que protege contra sarampo, rubéola e caxumba – conhecida no Brasil como tríplice viral. O torneio mundial de futebol acontecerá entre os dias 14 de junho e 15 de julho, na Rússia.

A intensificação das viagens internacionais e o movimento de pessoas durante eventos de massa, como a Copa do Mundo, aumentam o risco de transmissão de doenças. Também aumenta a probabilidade de os viajantes retornarem a seus países com doenças como sarampo, que é altamente contagioso e pode ter graves consequências para a saúde das populações não vacinadas e mais vulneráveis.

Foi realizada ação de limpeza nas margens do lago do Tarumã, no Rio Negro, com pranchas de stand up paddle, para retirar os resíduos. Foto: ONU Meio Ambiente

ONU Meio Ambiente lança iniciativa ‘Rios Limpos para Mares Limpos’ no Amazonas

Evitar que a poluição plástica proveniente dos rios chegue aos oceanos é o objetivo da iniciativa “Rios Limpos para Mares Limpos” do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (ONU Meio Ambiente), lançada na sexta-feira (8) durante o seminário “Dos Rios limpos para Mares Mais Limpos com os ODS”, que reuniu representantes de academia, sociedade civil e setores governamentais na sede da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), em Manaus.

O evento foi promovido por FAS, ONU Meio Ambiente, Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável na Amazônia (SDSN-AMAZÔNIA) e Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema).

A deputada federal Mara Gabrilli (PSDB-SP) foi eleita na terça-feira (12) integrante da Comissão da ONU sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. Foto: ONU News

Brasileira é eleita para comissão da ONU sobre direitos das pessoas com deficiência

A deputada federal Mara Gabrilli (PSDB-SP) foi eleita na terça-feira (12) integrante da Comissão da ONU sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência na sede da Organização, em Nova Iorque.

A votação ocorreu no primeiro dia da 11ª Sessão da Conferência dos Estados-Partes da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. O documento protege os direitos de quem vivem com deficiência em todo o mundo, e é um dos tratados internacionais de direitos humanos mais amplamente ratificados, com 177 Estados signatários desde a sua adoção, em 2006.

Toda mulher tem direito a ter uma vida sexual saudável e feliz: ela decide quando e com quem compartilhar essa experiência. Junte-se à Jout Jout.

Jout Jout: toda mulher tem direito a ter uma vida sexual saudável e feliz; vídeo

Toda mulher tem direito a ter uma vida sexual saudável e feliz: ela decide quando e com quem compartilhar essa experiência. Junte-se à Jout Jout. Confira nesse vídeo.

Refugiados residentes em São Paulo. Foto: ACNUR / L. Leite

Brasil ocupa 51ª posição em ranking de consultoria sobre aceitação de estrangeiros

Em ranking da Gallup, Brasil ficou na frente de países como Rússia, Grécia, Israel e Polônia, mas atrás dos Estados Unidos, Reino Unido, Itália, França e a vizinha Argentina. Dados da consultoria foram divulgados pela Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Foto: Logan Abassi UN/MINUSTAH

ONU e parceiros lançam campanha no Brasil em homenagem às forças de paz

O Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio), o Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB) e a Rede Brasileira de Pesquisa sobre Operações de Paz (REBRAPAZ) realizam no próximo dia 19 de junho (terça-feira) o lançamento da campanha das Nações Unidas “Serviço e Sacrifício” no Brasil.

Reiner irá liderar o escritório do FIDA em Brasília (DF). Foto: FIDA

Fundo de desenvolvimento agrícola da ONU anuncia novo diretor no Brasil

O Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) anunciou na semana passada (6) que o especialista em ciências agrárias Claus Reiner será novo diretor da entidade no Brasil.

Atuando no FIDA desde 2007, Reiner tem mestrado em Desenvolvimento Agrícola Internacional pela Universidade Humboldt de Berlim e graduação em Ciências Agrárias na Universidade Técnica de Munique.

Foto: Luiz Martins

Publicação estimula debate sobre espaços urbanos resilientes e sustentáveis

Para promover o debate e a compreensão sobre temas específicos da Agenda 2030, o Grupo Assessor do Sistema ONU no Brasil, em parceria com o ONU-HABITAT, lançou na terça-feira (5), em Maceió (AL), o Glossário do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 11 – Cidades e comunidades sustentáveis. O documento apresenta termos e definições que dialogam com as metas do ODS 11 e pretende servir de subsídio para o debate entre instituições e indivíduos sobre políticas públicas.

“A Agenda 2030 reconhece o papel fundamental dos governos locais e regionais na promoção do desenvolvimento sustentável”, disse o coordenador-residente do Sistema ONU no Brasil e representante-residente do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) no país, Niky Fabiancic.

Adolescentes participam na Comissão das Nações Unidas sobre o Status da Mulher (CSW). Foto: ONU Mulheres/Ryan Brown

ONU lança mapa online de iniciativas brasileiras sobre igualdade de gênero e empoderamento feminino

A ONU Mulheres e Womanity Foundation lançam na próxima quinta-feira (14), em parceria com o Instituto C&A, a Plataforma UNA, um mapa online que identifica iniciativas e organizações brasileiras voltadas para a igualdade de gênero e o empoderamento feminino. Portal já contabiliza 388 projetos e será aberto para inscrições de novos programas a partir desta semana.

Apresentação de dança e música dos indígenas Warao em Boa Vista, Roraima. Foto: Amazônia Real/Yolanda Simone (CC)

OIM lança relatório sobre proteção legal de venezuelanos indígenas no Brasil

Como a lei de imigração e os direitos indígenas interagem? Quais direitos os migrantes indígenas têm quando chegam a uma terra estrangeira? Essas são algumas das questões respondidas pelo relatório “Aspectos Legais da Assistência a Migrantes Indígenas da Venezuela no Brasil”, lançado pela Organização Internacional para as Migrações (OIM) na sexta-feira (8) em Brasília (DF).

As formandas da segunda edição do curso de assistente de cozinha do "Cozinha & Voz", junto com a equipe do projeto. Foto: OIT

OIT e MPT promovem inclusão de pessoas trans no mercado de trabalho

Realizado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) e pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), com apoio da chef Paola Carosella e de seu sócio e empresário Benny Goldenberg, projeto de inclusão de pessoas trans em situação de vulnerabilidade no mercado de trabalho formal concluiu sua segunda edição em São Paulo com resultados relevantes. Leia a reportagem completa.

Trabalhadora de saúde marca dedo de menino para indicar que ele foi vacinado em escola de Ahmedabad, na Índia. Foto: UNICEF

Brasil passa a integrar equipe internacional de emergência em saúde da OMS

O Brasil está capacitando uma equipe de especialistas para fazer parte das Equipes Médicas de Emergência (EMT) da Organização Mundial da Saúde (OMS). Essa iniciativa ajuda organizações e Estados-membros a capacitar e fortalecer sistemas de saúde, coordenando o envio de profissionais de saúde (enfermeiros, fisioterapeutas, médicos, paramédicos) para prestar atendimento clínico direto a populações afetadas por emergências e desastres em outros países ou mesmo dentro do próprio território.

No aquário do Rio, ONU Meio Ambiente participa de ação pela redução do consumo de plásticos. Foto: UNIC Rio/Brenno Felix

No aquário do Rio, ONU Meio Ambiente participa de ação pela redução do consumo de plásticos

Na última quarta-feira (6), no AquaRio, no Rio de Janeiro, foram anunciados os resultados do Desafio Mares Limpos 2017 com os Escoteiros do Brasil, em que mais de 3 mil escoteiros receberam insígnias da campanha da ONU Meio Ambiente #MaresLimpos por terem reduzido seu consumo de plásticos descartáveis.

Também foram anunciadas as medidas de redução do plástico descartável nas operações do Grupo Cataratas nos parques nacionais da Tijuca (RJ), Foz do Iguaçu (PR) e Fernando de Noronha (PE).

Por meio de jogos e exercícios, os indígenas Waraos e Eñepas aprenderam como usar o equipamento de vídeo e escolheram temas e histórias que gostariam de registrar em seus filmes. Foto: OIM

OIM promove festival em Roraima para apresentar vídeos feitos por indígenas venezuelanos

Mais de 300 indígenas venezuelanos dos grupos étnicos Warao e Eñepas, autoridades locais e representantes de organizações não governamentais reuniram-se no fim de maio (31) no abrigo de Pintolândia em Boa Vista, Roraima, para uma edição especial do Festival Global de Cinema sobre Migração.

O evento foi realizado pela Organização Internacional para as Migrações (OIM), parceiros locais e autoridades para apresentar dois vídeos feitos por 20 migrantes indígenas após curso de quatro dias promovido pela OIM e pelo festival.

O primeiro ato da caminhada foi dedicado à vereadora Marielle Franco, sendo conduzido pela ONU Mulheres. Foto: UIM

Marielle é homenageada em ato no Equador contra feminicídio e violência de gênero

A vereadora Marielle Franco, assassinada em março no Rio de Janeiro, além de mulheres e meninas vítimas de feminicídios na América Latina e no Caribe foram homenageadas por autoridades ibero-americanas e participantes da 4ª Cúpula Ibero-Americana de Agendas Locais de Gênero, em Cuenca, no Equador, ocorrida em maio (de 15 a 18).

Mais de 500 pessoas vestidas de branco empunharam velas, lamparinas e leques na “Caminhada de Mulheres pela Paz e Não Violência contra as Mulheres e Meninas nas Cidades”. O relato é da ONU Mulheres.

Foto: Brenno Felix/UNIC Rio

Primeira educadora brasileira com síndrome de Down é homenageada no Rio de Janeiro

Seguindo o Objetivo número dez da Agenda 2030 da ONU – que trata da redução das desigualdades em todo o mundo –, uma cerimônia no Rio de Janeiro destacou a importância da inclusão social. Débora Seabra, primeira educadora do Brasil com síndrome de Down, foi homenageada com a Medalha Tiradentes. Confira o vídeo exclusivo produzido pelo Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio).

Representante do UNFPA no Brasil, Jaime Nadal, ao lado da integrante da REJUIND, Rayanne França, e de profissional do Instituto Autonomia, durante assinatura de acordo em Brasília. Foto: UNFPA Brasil

Fundo de População da ONU apoia articulação da juventude indígena no Brasil

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) vai apoiar a atuação dos jovens indígenas no Brasil a partir de um projeto voltado para o fortalecimento institucional da Rede de Juventude Indígena (REJUIND). Com doação da agência da ONU, prevista em acordo firmado na segunda-feira (5), a inciativa busca melhorar a articulação, comunicação e incidência dos integrantes da rede.

Gravura 'Rua da Cruz', de Emil Bauch, uma das obras compradas pelo Itaú Cultural na Inglaterra, mas que haviam sido roubadas da Biblioteca Nacional. Imagem: Biblioteca Nacional

UNESCO pede mais cooperação para enfrentar tráfico de bens culturais no Brasil

Em evento realizado nesta semana, em São Paulo, especialistas da UNESCO defenderam a implementação de uma política nacional, clara e articulada sobre o tráfico ilícito de bens culturais. Embora a agência da ONU tenha, desde 1970, uma convenção sobre o tema, que o Brasil assinou em 1973, não houve grandes ações para combater o problema, segundo representantes do organismo internacional.

Nove em cada dez das maiores aquisições por parte de empresas estrangeiras na região no ano passado ocorreram no Brasil, sendo que sete envolviam compradores chineses. As aquisições referiram-se a empresas dos setores elétrico, petrolífero, de infraestrutura (transmissão de gás) e do agronegócio. Foto: EBC

Brasil passa a ser 4º maior destino de investimento estrangeiro direto, diz relatório

O Brasil subiu do sétimo para quarto lugar no ranking de principais destinos de investimento estrangeiro direto (IED) no mundo, contrariando tendência global de desaceleração desses fluxos, segundo relatório divulgado na quarta-feira (6) pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD).

Nove em cada dez das maiores aquisições por parte de empresas estrangeiras na América Latina no ano passado ocorreram no Brasil, sendo que sete envolviam compradores chineses. As aquisições referiram-se a empresas dos setores elétrico, petrolífero, de infraestrutura e agronegócio.

Binying Wang, vice-diretora geral da OMPI, na abertura do evento. Foto: CNI

ONU e CNI promovem seminário em SP sobre propriedade intelectual

A Confederação Nacional da Indústria (CNI), em cooperação com o escritório da Organização Mundial de Propriedade Intelectual (OMPI) no Brasil, organizou no início de maio (8) em São Paulo o 2º Seminário sobre Propriedade Intelectual. O evento contou com a presença de 150 pessoas, entre representantes de empresas, escritórios de advocacia, instituições de pesquisa, autoridades governamentais e acadêmicos.

O objetivo do seminário foi reunir representantes nacionais e internacionais dos setores público e privado para discutir o papel da propriedade intelectual para o setor criativo e, em particular, para o processo de adesão do Brasil ao Protocolo de Madri.

Criado em 1989, o protocolo oferece aos titulares a possibilidade de terem suas marcas protegidas em vários países, com apenas um depósito junto ao escritório de registro nacional.

Representantes do PNUD e parceiros apresentam publicação em português sobre papel de parlamentares no cumprimento das metas da ONU. Foto: PNUD/Guilherme Larsen

PNUD lança publicação sobre papel do Legislativo em promover objetivos da ONU

Em evento no Congresso Nacional, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) lançou nesta semana (6) a versão em português da publicação “Papel dos Parlamentos na Implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, os ODS. Pesquisa apresenta casos em que o Legislativo contribuiu para promover a Agenda 2030 da ONU. Florianópolis, Barcarena, no Pará, e São Paulo são elogiadas por políticas municipais voltadas para as metas.

Em Maceió, PNUD apoia governo municipal a capacitar profissionais de educação para integrar alunos com deficiência. Foto: PNUD/Thiago Guimarães

PNUD e Maceió realizam semana de atividades sobre inclusão de estudantes com deficiência

Em Maceió, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e a Secretaria Municipal de Educação concluíram nesta quarta-feira (6) a Semana da Inclusão. Iniciativa ofereceu qualificação pedagógica sobre integração de estudantes com deficiência. Formação mobilizou cerca de 300 profissionais de educação da capital alagoana.

Foto: UNAIDS

Organizações de Paradas LGBT reúnem-se em SP para estabelecer estratégias comuns de atuação

A Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo (APOGLBT) realizou no fim de maio (de 25 a 27) o Encontro Brasileiro de Organizações de Paradas LGBT com o objetivo de unir forças, reforçar laços e ampliar a conscientização da importância das Paradas LGBT. O encontro reuniu cerca de 40 pessoas em São Paulo, com a presença de presidentes de organizações de paradas das capitais e das principais cidades do interior do Brasil. A diretora do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) no Brasil, Georgiana Braga-Orillard, também participou do encontro.

Foto: TV Brasil.

‘Maratona UNICEF Samsung’ tem prazo de inscrições prorrogado até 16 de junho

A fabricante de eletrônicos Samsung e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) prorrogaram até 16 de junho o prazo de inscrição para a “Maratona UNICEF Samsung”, uma iniciativa de programação de aplicativos educacionais que possam melhorar a qualidade da educação brasileira e, com isso, reduzir o atraso escolar.

O projeto é desenvolvido em parceria com a Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), por meio do programa Brasil Mais TI.

A Busca Ativa Escolar é uma plataforma gratuita para auxiliar os munícipios no enfrentamento da exclusão escolar. Foto: Agência de Notícias do Acre (CC)

Em um ano, mais de 1,1 mil municípios aderem a plataforma do UNICEF para combater exclusão escolar

No Brasil, 2,8 milhões de crianças e adolescentes estão fora da escola, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2015. Para entender os fatores que afastam os jovens da educação, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) desenvolveu a plataforma Busca Ativa Escolar. Neste mês (1º), a iniciativa completa um ano e já conta com 1.143 municípios e quatro estados participantes.

Produtores rurais, aterros sanitários e indústrias relacionadas à agropecuária podem produzir biogás. Foto: CIBiogás

UNIDO e parceiros apresentam em Foz do Iguaçu projeto para impulsionar biogás no Brasil

A Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO) e parceiros apresentam na quarta-feira (6) durante o Fórum Sul Brasileiro de Biogás e Biometano, que ocorre em Foz do Iguaçu (PR), projeto que incentiva e fortalece o uso de biogás no Brasil, com foco na região Sul do país.

O objetivo é reduzir as emissões de gases de efeito estufa e a dependência de combustíveis fósseis por meio da promoção da energia de biogás e de soluções de mobilidade baseadas em tecnologias de biogás e biometano.

Guillermo Fernández Maldonado, em evento na Colômbia quando ainda atuava como representante adjunto do ACNUDH no país. Foto: Governo da Colômbia

Defensores dos direitos humanos contribuem para eliminação de violações, diz representante da ONU

Em entrevista ao programa “Caminhos da Reportagem”, que foi ao ar na TV Brasil na semana passada (31), o então representante do Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH) para a América do Sul, Guillermo Fernández Maldonado, disse que o trabalho dos defensores de direitos humanos é essencial para garantir a eliminação de todas as violações a esses direitos globalmente.

“Para as Nações Unidas, é absolutamente fundamental o trabalho dos defensores e defensoras dos direitos humanos. São os indivíduos, os grupos e as instituições que contribuem para a eliminação definitiva de todas as violações de direitos humanos e liberdades fundamentais dos povos e dos indivíduos”, declarou.

Carla Daniel na sede da UNIFIL, no sul do Líbano. Foto: Acervo Pessoal

Capitão é 1ª militar brasileira a trabalhar no Departamento de Operações de Paz da ONU

Primeira e única mulher brasileira a concluir uma missão de paz da ONU a bordo de um navio, a capitão de fragata Carla Daniel, de 51 anos, acostumou-se a vanguardismos. Desde dezembro do ano passado, ela também é a primeira militar brasileira a trabalhar no Departamento de Operações de Paz das Nações Unidas (DPKO), em Nova Iorque.

Carla atua no Escritório de Assuntos Militares (OMA, na sigla em inglês), que faz parte do Serviço de Operações Militares em Andamento (CMOS), como oficial de assuntos de missões de paz. Ela faz o elo entre a missão, no caso a Força Interina de Segurança das Nações Unidas para Abyei (UNISFA), a ONU e o país que contribui com militares para essa operação, a Etiópia. Leia a entrevista concedida ao Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio).

Homem mostra ouriço de castanha-do-brasil na Floresta do Vale, reserva legal comunitária do assentamento Vale do Amanhecer, em Juruena (MT). Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

FAO promove consultas sobre estatísticas agroambientais na América Latina e Caribe

Tem início amanhã (29), em Brasília, uma consulta promovida pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) para discutir indicadores agroambientais na América Latina e Caribe. Com especialistas e gestores brasileiros, encontro abordará quais estatísticas podem ajudar a região a monitorar a implementação de recomendações da ONU sobre produção agrícola e sustentabilidade.

Projeto Escola Apropriada reúne estudantes migrantes ou descendentes de estrangeiros para debater temas de direitos humanos. Foto: Acervo Pessoal

Em SP, escola usa Declaração dos Direitos Humanos para combater xenofobia e discriminação entre alunos

Uma escola pública do bairro do Pari, zona central de São Paulo, tem utilizado a Declaração Universal dos Direitos Humanos como base para projetos que visam ao combate à discriminação contra migrantes e refugiados, que representam 21% do total de 574 alunos da unidade hoje considerada modelo de integração.

Em comunicado, FMI sugere reforma da previdência e maior consolidação fiscal para Brasil retomar crescimento. Foto: Agência Brasil

FMI: Brasil precisa buscar consolidação fiscal e reformas para retomar crescimento

Em comunicado após visita ao país, funcionários do Fundo Monetário Internacional (FMI) afirmaram que o Brasil precisa ir além de medidas recentes como a adoção de um teto de gastos federais e a reforma trabalhista para retomar o crescimento econômico.

Segundo o organismo internacional, o Brasil deve intensificar a consolidação fiscal e aprovar uma reforma previdenciária. “O repetido fracasso em aprovar uma forte reforma previdenciária, que é fundamental para garantir a sustentabilidade fiscal, continua sendo um risco fundamental”, disse o FMI em nota.

Capoeira, 1835. Desenho de Johann Moritz Rugendas

ESPECIAL: Entre o Brasil e a África houve uma troca forte e poderosa, diz Alberto da Costa e Silva

Durante mais de 350 anos de tráfico transatlântico, o Brasil recebeu cerca de 5 milhões de africanos escravizados. Entre os séculos 16 e 19, este brutal comércio fez prisioneiros de diferentes partes da África. Cerca de 12 milhões de pessoas foram retiradas de seus lares e, nesta travessia, mais de 2 milhões de africanos perderam suas vidas.

O Brasil foi o maior receptor desse fluxo forçado, o que deu ao país o título de segunda maior população negra do mundo, atrás apenas da Nigéria, na África. Neste especial sobre o Dia da África, criado em 25 de maio de 1963 e marcado anualmente pela comunidade internacional, o Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio) entrevista Alberto da Costa e Silva – ex-embaixador em países africanos e membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) – sobre a importância do continente africano para a formação do Brasil e sobre o cruel tráfico transatlântico. Confira o vídeo especial.

Atriz Emma Watson esconde livros no metrô de Londres. Imagem de novembro de 2016. Foto: Instagram/Emma Watson

Em São Paulo, ONU Mulheres promove amanhã sua 1ª caça aos livros sobre igualdade de gênero

A estação Vila Prudente, do metrô de São Paulo, será palco amanhã (25), às 14h, da primeira caça aos livros promovida pela ONU Mulheres no Brasil. Participantes terão uma hora para encontrar uma das 150 cópias do livro “Malala: a menina que queria ir para a escola”, da brasileira Adriana Carranca. Desses volumes, 30 trazem um cupom para a troca por mais uma obra, escolhida e autografada por atrizes e personalidades brasileiras e estrangeiras, como a britânica Emma Watson, embaixadora da Boa Vontade da agência das Nações Unidas.

Agenda 2030 para o Desenvolvimento SustentávelInstagramTwitterYouTubeVimeoFacebookCadastro

Vidas Negras; Década Internacional de Afrodescendentes

Acesse aqui todas as oportunidades de estágio e trabalho: www.nacoesunidas.org/vagas/brasil e outras oportunidades e editais em www.nacoesunidas.org/tema/editais

Leia mais em www.onu.org.br e acesse nossas redes em www.nacoesunidas.org/redes

Para não receber mais, peça para remover. Para se inscrever, clique aqui. Para edições anteriores, clique aqui.


Comente

comentários