Banco Mundial abre programa de bolsas para estudantes de origem africana

Estudantes licenciados de origem africana, e particularmente as mulheres, podem se candidatar ao novo Programa de Bolsas de Estudo do Grupo Banco Mundial. Selecionados passarão um mínimo de seis meses adquirindo experiência prática na sede principal, em Washington (EUA). O prazo para se candidatar é dia 31 de outubro de 2013.

O Grupo Banco Mundial na África está lançando um Programa de Bolsas de Estudo para estudantes de doutoramento de origem africana. O programa irá enriquecer a força de trabalho diversificada, que é uma prioridade para o Banco e para os seus clientes.

O Programa de Bolsas de Estudo visa a criar uma reserva de investigadores e profissionais oriundos da diáspora africana, em particular mulheres, que estejam interessados em trabalhar na área do desenvolvimento, no seu país ou no estrangeiro, e em iniciar uma carreira no Grupo Banco Mundial.

Podem se candidatar estudantes de doutoramento afro-descendentes que estejam a um ou dois anos de completarem o seu doutoramento numa das seguintes áreas: Economia, Demografia, Estatística e Econometria Aplicada, Avaliação de Impacto, Educação, Saúde, Energia, Agricultura e Infraestruturas.

Os candidatos deverão preencher os seguintes requisitos: Estarem matriculados numa instituição acadêmica, regressando à universidade após o programa; Ter no máximo 32 anos de idade; Ter um conhecimento excelente da língua inglesa, escrita e falada; Possuir fortes competências quantitativas e analíticas.

O prazo para se candidatar é dia 31 de outubro de 2013. Todos os detalhes em http://bit.ly/1gDViNN