Ban sobre Niemeyer: ‘Ele sempre disse que a coisa mais importante na vida não é a arquitetura – é tentar mudar o mundo’

‘Oscar Niemeyer estava preocupado com a lacuna entre ricos e pobres. Ele respondeu criando belos edifícios que podem ser apreciados igualmente por todas as pessoas.’

CONSIDERAÇÕES PARA O TRIBUTO ESPECIAL DA ASSEMBLEIA GERAL EM HOMENAGEM A OSCAR NIEMEYER E AO CONSELHO DE PROJETO DAS NAÇÕES UNIDAS
Nova York, 24 de abril de 2013
Original em inglês aqui

“Vossa Excelência Vuk Jeremic, Presidente da Assembleia Geral,
Vossa Excelência Embaixadora Maria Luiza Ribeiro Viotti, Representante Permanente do Brasil junto às Nações Unidas,
Paul Goldberger, renomado crítico de arquitetura
Excelências
Delegados,
Senhoras e senhores,

Muito obrigado por participar desta homenagem ao grande arquiteto Oscar Niemeyer e ao Conselho de Projeto das Nações Unidas.

Não consigo pensar em nenhuma outra melhor reunião comemorativa a ser realizada apenas algumas semanas antes de começarmos a renovação desta Assembleia Geral.

É difícil imaginar agora que esta bela ‘oficina para a paz’ se localiza onde era antes um matadouro.

Assim, muitos animais foram mortos aqui e esta área costumava ser chamada de ‘beco de sangue’.

O Conselho de Projeto foi feito para criar um complexo que expressasse a visão das Nações Unidas, estabelecido na Carta. O Conselho reuniu 11 arquitetos de todo o mundo. Era quase a sua própria “mini-ONU”.

O membro mais jovem era Oscar Niemeyer. Ele foi também um dos mais ousados e criativos.

Eles projetaram uma sede muito moderna das Nações Unidas. O edifício do Secretariado foi o primeiro em Nova York a ter este tipo de estrutura de aço e vidro.

Nossos arquitetos estavam à frente dos tempos. Espero que possamos seguir o seu exemplo e ficar na vanguarda quando se trata de resolver problemas globais.

Quando a sede abriu, o presidente dos Estados Unidos Harry Truman disse: “Estes são os edifícios mais importantes do mundo, porque eles são o centro da esperança do homem para a paz e uma vida melhor”.

Para Oscar Niemeyer, a finalidade do edifício foi mais significativa do que a sua própria estrutura.

Ele sempre disse que a coisa mais importante na vida não é a arquitetura – é tentar mudar o mundo.

Oscar Niemeyer estava preocupado com a lacuna entre ricos e pobres. Ele respondeu criando belos edifícios que podem ser apreciados igualmente por todas as pessoas.

Niemeyer, que faleceu no ano passado, com a idade de 104 anos, viveu uma vida rica e significativa.

Embora eu nunca tive o privilégio de conhecê-lo, eu me sinto como se o conhecesse. Quando eu viajei para Brasília – a cidade moderna e bonita que Niemeyer projetou – me senti em casa já que ele também projetou a sede da ONU.

Excelências

Em poucas semanas, vamos dizer um adeus temporário a esta sala. Nós iremos apreciar a maneira como ela foi uma casa acolhedora para divergências e debates, para concertos e outros eventos especiais e para um consensos sobre alguns dos problemas mais prementes do nosso tempo.

Mesmo que não iremos mais nos reunir neste salão, nós ainda podemos ser inspirados pelo Conselho de Projeto. Eles reuniram muitas perspectivas diferentes de todo o mundo para criar a nossa bela sede.

Vamos continuar este espírito de colaboração internacional para construir um futuro melhor para todas as pessoas.

Obrigado.”

Saiba mais: http://bit.ly/14eLhWG