Ban saúda povo da Guiné-Bissau pela eleição presidencial pacífica

Nove candidatos disputaram a eleição do último domingo (18/03). O pleito ocorreu dois meses após a morte do Presidente Malam Bacai Sanhá.

Ban saúda povo da Guiné-Bissau pela eleição presidencial pacíficaO Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, elogiou hoje (20/03) o povo da Guiné-Bissau pela participação pacífica no processo de eleição presidencial do país, no último fim de semana.

Nove candidatos, incluindo o ex-primeiro-ministro Carlos Gomes Júnior e o ex-presidente Kumba Yala, disputaram a eleição do último domingo (18/03). O pleito ocorreu dois meses após a morte do Presidente Malam Bacai Sanhá.

Em um comunicado divulgado por seu porta-voz na noite passada (19/03), Ban Ki-moon apelou aos candidatos e seus colaboradores para acatarem as leis e se absterem de praticar quaisquer atos de violência que poderiam dificultar a continuação pacífica do processo eleitoral. “O Secretário-Geral reafirma a disponibilidade das Nações Unidas, em cooperação com a comunidade internacional, para apoiar a consolidação da paz e do desenvolvimento na Guiné-Bissau”, ressaltou o comunicado.

A Guiné-Bissau é um dos seis países na agenda da Comissão de Consolidação da Paz das Nações Unidas – juntamente com Burundi, Guiné, Serra Leoa, República Centro Africana e Libéria. A comissão foi criada em 2005 para ajudar países emergentes de conflitos na transição para a paz.