Ban Ki-moon saúda novo Governo iraquiano como “grande passo” no processo democrático

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, acolheu (21/12) o anúncio de um novo Governo em Bagdá como “um grande passo no progresso democrático iraquiano” e solicitou imediata atenção à reconciliação, reconstrução e estabilidade nacionais.

Seção eleitoral em Bagdá.O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, acolheu (21/12) o anúncio de um novo Governo em Bagdá como “um grande passo no progresso democrático iraquiano” e solicitou imediata atenção à reconciliação, reconstrução e estabilidade nacionais.

Ban, que pediu repetidamente um Governo amplo desde as eleições em março, “parabeniza os líderes políticos do Iraque por seus esforços combinados pela garantia de que o novo Governo seja amplamente participativo e tenha o apoio do povo do Iraque,” diz e “pede que continuem trabalhando no espírito de unidade nacional para concluirem rapidamente o processo de formação do Governo e resolverem os principais desafios o país enfrenta.”

O Secretário-Geral também prometeu o apoio contínuo da Missão de Assistência das Nações Unidas no Iraque (UNAMI) para o povo e o Governo “na construção de um Iraque próspero e pacífico.”

Às vésperas da formação do Governo, na semana passada, o Conselho de Segurança terminou os mandatos da ONU decorrentes da invasão do Kuwait orquestrada por Saddam Hussein em 1990 e a guerra, causada pelos EUA, que o depôs em 2003, incluindo aqueles sobre armas de destruição em massa, em uma atitude que Ban Ki-moon considerou um “marco” no caminho do país à normalidade.