Ban Ki-moon parabeniza Zâmbia por realização pacífica de eleições presidenciais

Para o chefe da ONU, a larga história de transições pacíficas através de processos democráticos na nação africana é um exemplo para a região.

Eleições na Zâmbia realizadas em 20 de janeiro de 2015. Foto: Flickr/Governo da Zâmbia/DIRCO (Creative Commons)

Eleições na Zâmbia realizadas em 20 de janeiro de 2015. Foto: Flickr/Governo da Zâmbia/DIRCO (Creative Commons)

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, parabenizou neste domingo (25) o governo e as pessoas da Zâmbia pela realização pacífica da eleição presidencial no país no último dia 20, apesar das dificuldades impostas pelas condições climáticas. Para o chefe da ONU, a larga história de transições pacíficas, através de processos democráticos, na nação africana é um exemplo para a região.

As eleições foram convocadas após a morte do presidente Michael Chilufya Sata, que morreu em 28 de outubro, enquanto recebia tratamento hospitalar em Londres (Reino Unido). Segundo os relatos da mídia, o ministro de Defesa e Justiça do país, Edgar Lungu, venceu o pleito.