Ban Ki-moon nomeia diplomata britânico como novo enviado da ONU para a Somália

No anúncio da nomeação, Secretário-Geral prestou uma homenagem à “liderança exemplar” de Augustine Mahiga ao apoiar a transição política de oito anos do país.

Assentamento de pessoas deslocadas no centro da Somália. Foto: ONU

Assentamento de pessoas deslocadas no centro da Somália. Foto: ONU

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, nomeou Nicholas Kay, um diplomata do Reino Unido, como seu novo representante especial para a Somália, de acordo com anúncio feito nesta segunda-feira (29).

Kay sucede Augustine Mahiga, da Tanzânia, que tem servido como representante especial e chefe do Escritório Político da ONU para a Somália (UNPOS) nos últimos três anos e completará sua missão no próximo dia 3 de junho.

No anúncio da nomeação, o Secretário-Geral prestou uma homenagem à “liderança exemplar” de Mahiga ao ajudar a orientar a conclusão da transição política de oito anos da Somália, no verão de 2012.

“O Secretário-Geral lembra com profunda gratidão o fato de que as contribuições de Mahiga tinham colocado o alicerce sobre o qual o governo federal da Somália, com a ajuda da comunidade internacional, agora pode se envolver mais na consolidação da paz e na consolidação de iniciativas de segurança e desenvolvimento no país.”

Kay já atuou como embaixador britânico na República Democrática do Congo (RDC) e no Sudão de 2007 a 2010 e 2010 a 2012, respectivamente.