Ban Ki-moon manifesta preocupação com expansão dos assentamentos na Cisjordânia

Secretário-Geral da ONU pediu mais uma vez que Governo de Israel pare todas as atividades de assentamento, que são contrárias ao direito internacional e ao Mapa da Paz.

Crianças palestinas brincandoO Secretário-Geral da ONU Ban Ki-moon expressou profunda preocupação após relatos desta segunda-feira (12/12) de que o Governo israelense aprovou a construção de mais 40 casas e uma fazenda nos Territórios Palestinos Ocupados.

De acordo com um comunicado divulgado pelo porta-voz do Secretário-Geral, a construção foi aprovada perto de um assentamento em Efrat, nas proximidades da cidade palestina Bethlehem, na Cisjordânia.

“O Secretário-Geral pediu mais uma vez que o Governo de Israel pare todas as atividades de assentamento”, enfatiza o comunicado. “Tal atividade é contrária ao direito internacional e ao Mapa da Paz, além de prejudicar as negociações sobre o estatuto final.”