Ban envia mensagem de solidariedade aos mineiros chilenos

O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, expressou hoje (30) seu apoio aos 33 mineiros que foram encontrados no norte do Chile, que estão presos no subsolo há mais de três semanas.

Ban envia mensagem de solidariedade aos mineiros chilenos. Foto: ONU.O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, expressou hoje (30) seu apoio aos 33 mineiros que foram encontrados no norte do Chile, que estão presos no subsolo há mais de três semanas. “O Secretário-Geral ficou muito satisfeito e feliz quando soube que todos os 33 mineiros estavam a salvo”, disse seu porta-voz Martin Nesirky à imprensa, na Sede da ONU, hoje. O Secretário-Geral também elogiou o trabalho que as autoridades chilenas estão desenvolvendo para salvar as vítimas do desastre.

“A tragédia está longe de terminar, mas o Secretário-Geral quer que os mineiros saibam que o seu pensamento estará com eles durante os tempos difíceis à frente. Ele está confiante que eles resistirão. Junto com o resto do mundo, ele está ansioso para que chegue o dia no qual os homens poderão se reunir com suas famílias e entes queridos”, afirmou o porta-voz.

Relatos da mídia indicam os trabalhadores envolvidos no resgate podem demorar alguns meses antes de chegarem até os mineiros, que estão presos há centenas de metros de profundidade, depois que uma parte da mina onde trabalhavam desabou.