Ban elogia resolução que condena assentamentos israelenses na Palestina

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, elogiou a adoção pelo Conselho de Segurança da resolução 2334 que condena a colonização israelense em territórios palestinos e determina que Israel interrompa a construção de novos assentamentos.

Segundo Ban, a resolução é um passo significativo, demonstrando a necessária liderança do Conselho e dos esforços coletivos da comunidade internacional de reconfirmar a visão de que uma solução de dois Estados ainda é possível.

Menino na comunidade de refugiados beduína Um al Khayr, ao sul de Monte Hebrom, onde várias casas foram demolições por parte de autoridades israelenses. Foto: UNRWA

Menino na comunidade de refugiados beduína Um al Khayr, ao sul de Monte Hebrom, onde várias casas foram demolições por parte de autoridades israelenses. Foto: UNRWA

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, elogiou a adoção pelo Conselho de Segurança da resolução 2334 que condena a colonização israelense em territórios palestinos e determina que Israel interrompa a construção de novos assentamentos.

Segundo a imprensa internacional, em uma posição inédita, os Estados Unidos se abstiveram da votação.

“O secretário-geral elogiou a adoção pelo Conselho de Segurança da Resolução 2334 (2016) sobre a situação no Oriente Médio, incluindo a questão palestina”, disse o porta-voz de Ban em comunicado.

Segundo ele, a resolução é um passo significativo, demonstrando a necessária liderança do Conselho e dos esforços coletivos da comunidade internacional de reconfirmar a visão de que uma solução de dois Estados ainda é possível.

“O secretário-geral aproveita a ocasião para encorajar líderes israelenses e palestinos a trabalhar com a comunidade internacional para criar um ambiente propício para a retomada de negociações significativas”, afirmou.

De acordo com Ban, as Nações Unidas estão prontas para apoiar todas as partes na busca por esse objetivo.


Comente

comentários