Arquivo do Autor: ONU Brasil

Jogadora Marta leva Objetivos de Desenvolvimento Sustentável ao Carnaval do Rio

A jogadora de futebol Marta Vieira da Silva será homenageada por uma escola de samba no Rio de Janeiro (RJ) por conta de sua jornada de empoderamento e superação das barreiras de gênero. Meninas do programa “Uma vitória leva à outra”, iniciativa de esportes e habilidades para a vida da ONU Mulheres e do Comitê Olímpico Internacional (COI), também participarão do desfile no sábado (22) de Carnaval no Sambódromo.

Sempre que consegue uma pausa durante o dia, a jovem de 16 anos lê e escreve contos. Foto: ACNUR/Hannah Maule-ffinch

Refugiada somali retoma estudos em escola criada pela ONU no Quênia

A jovem somali Mumina passa todo seu tempo livre viajando o mundo por meio da literatura. Sempre que consegue uma pausa durante o dia, a menina de 16 anos lê e escreve contos, os quais são compartilhados com amigos no campo de refugiados de Kakuma, no Quênia.

Ela acabou de concluir seu último ano em uma das instituições de ensino mais prestigiadas do Quênia e única destinada a crianças em idade escolar localizada em um campo de refugiados. A escola foi criada pela Agência da ONU para Refugiados (ACNUR).

Segundo dados das Nações Unidas, menos de 30% dos pesquisadores científicos em todo o mundo são mulheres. Foto: PNUMA

Mulheres do PNUMA contam como lideranças femininas as inspiraram a seguir carreira na ciência

Durante séculos, o papel das mulheres na ciência foi subestimado. Raios-X, movimentos ambientalistas e até a descoberta de matéria escura, todos ocorreram graças ao trabalho de mulheres na ciência. No entanto, na maioria dos casos, as mulheres receberam pouco reconhecimento e foram discriminadas por seus colegas.

Para lembrar o Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) conversou com cinco mulheres que trabalham para a organização sobre as lideranças femininas que as inspiraram a seguir um caminho na ciência, na tecnologia, na engenharia e na matemática.

Impunidade contra crimes de tortura no México preocupa especilistas da ONU. Foto: WikiCommons / Flickr / schlaeger

Cidade do México prepara-se para banir plástico descartável até 2021

A Cidade do México, uma das capitais mais populosas do Ocidente, aprovou uma nova lei proibindo o uso de sacolas de plástico. A medida, que entrou em vigor em 1º de janeiro, inaugura a intenção do país de banir plásticos descartáveis até 2021, de forma gradual.

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) estima que 10 milhões de bolsas plásticas sejam consumidas, a cada minuto, em todo o mundo.

A palha de cabuya ou ojidu, conhecido como buriti no Brasil, é a principal matéria-prima das peças. Foto: ACNUR/ Felipe Irnaldo

Em Manaus, artesãs venezuelanas Warao participam de oficina de inovação para gerar renda

A criatividade e o saber ancestral da etnia Warao podem se tornar uma fonte de renda e esperança para refugiadas e migrantes desta população indígena acolhida em Manaus (AM).

Uma parceria da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) e do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) com o Museu Casa do Objeto Brasileiro promoveu  em novembro uma oficina de inovação para artesãs indígenas moradoras do Abrigo Alfredo Nascimento, localizado na zona norte da cidade.

Foto: ONU-HABITAT

Com apoio do ONU-HABITAT, delegação brasileira participa de Fórum Urbano Mundial

Representantes de governos federal, estaduais e municipais, membros da sociedade civil, universidades e outras instituições públicas e privadas brasileiras ligadas a temas urbanos participaram esta semana das discussões e trocas de experiências na décima edição do Fórum Urbano Mundial, em Abu Dhabi.

O fórum também teve a participação de líderes comunitários das “grotas”, assentamentos urbanos precários em áreas de fundo de vale em Maceió (AL), e a apresentação de dados para a melhoria das políticas públicas urbanas do Rio de Janeiro (RJ).

ONU Mulheres recebe inscrições para Coalizões de Ação da Geração Igualdade

A ONU Mulheres recebe até 21 de fevereiro candidaturas de instituições interessadas em compor as Coalizões de Ação da Geração Igualdade.

Trata-se de uma chamada internacional para Estados-membros da ONU; organizações e movimentos de mulheres e agentes da sociedade civil; instituições do setor privado; entre outros.

Para a ONU Mulheres, as Coalizões de Ação serão fundamentais para garantir uma aliança sólida orientada à obtenção de resultados para a igualdade de gênero durante a Década de Ação das Nações Unidas (2020-2030) com foco no alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Estudo traz novas descobertas sobre impacto da ação humana nos ambientes de água doce

Um novo estudo global lança luz sobre o impacto da poluição na diversidade das plantas aquáticas e nos ambientes de água doce de forma geral.

A fotossíntese em muitas plantas aquáticas depende de bicarbonato (HCO3−) além de dióxido de carbono (CO2). O estudo investiga a ligação entre os dois e seu impacto na distribuição das plantas.

“As mudanças antropogênicas estão afetando as concentrações de bicarbonato e de CO2, e isso pode alterar a composição das espécies das comunidades de plantas de água doce”, diz o coautor do estudo, Ole Vestergaard, especialista em ecossistemas marinhos e de água doce do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA).

COVID-19: não estamos vendo aumento dramático da transmissão fora da China, diz OMS

Enquanto as infecções por coronavírus COVID-19 continuam aumentando, um especialista em saúde da ONU disse nesta quinta-feira (13) que havia algumas indicações de que a transmissão da doença fora da China pode não ser a ponta de um “iceberg”, como se temia.

“Não estamos vendo um aumento dramático na transmissão fora da China”, disse Michael Ryan, chefe do Programa de Emergências em Saúde da Organização Mundial da Saúde (OMS), insistindo, no entanto, que é preciso cautela.

Às 16h de quinta-feira em Genebra (10h de Brasília), havia 46.550 infecções por COVID-19, a esmagadora maioria na China, informou a OMS. Das 1.369 mortes pelo novo coronavírus até hoje, todas, exceto duas, ocorreram na China. Na província de Hubei, epicentro do surto, 13.332 casos foram confirmados clinicamente.

Condicionadores de ar e refrigeradores normalmente usam gases de hidrofluorcarbonetos (HFCs). Foto: Flickr / Peter Morgan (CC)

UNIDO convoca empresas para estudo de mercado sobre fluidos alternativos de ar condicionado

A Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO) publicou edital de seleção em busca de empresas para a realização de estudo de mercado sobre fluidos alternativos de ar condicionado residencial que não agridam a camada de ozônio.

O edital é focado no uso dos fluidos Propano (R-290) e R-32 em equipamentos de ar condicionado no Brasil. Seleção vai até 28 de fevereiro.

Em Teknaf, Bangladesh, a apresentadora Joya Pul Happy (à esquerda) e sua produtora Shanta Pul na rádio comunitária, trabalham em um próximo programa. (Agosto de 2018). Foto: UNICEF/Brown

ONU destaca promoção de diversidade e inclusão no Dia Mundial do Rádio

Em uma mensagem para o Dia Mundial da Rádio 2020, comemorado nesta quinta-feira (13), o secretário-geral da ONU, António Guterres, destacou como o meio pioneiro de comunicação celebra a diversidade e contribui para a paz global.

“Enquanto nos esforçamos para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e enfrentar a crise climática, o rádio tem um papel fundamental a desempenhar como fonte de informação e inspiração”, disse Guterres.

As receitas são preparadas com itens das marmitas entregues diariamente pela Operação Acolhida. Os abrigados também se unem para complementar o estoque da cozinha. Foto: ACNUR/Allana Ferreira

Cozinha em abrigo de Roraima adapta cardápio para venezuelanos com restrições alimentares

São sete da manhã, e o cheirinho de mingau fresquinho começa a tomar conta do abrigo para refugiados e migrantes Nova Canaã, em Boa Vista (RR). As cozinheiras, que são voluntárias e moram do local, preparam as primeiras refeições para bebês entre 0 e 2 anos, jovens e adultos que seguem uma dieta restrita devido a questões médicas. Leia o relato da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR).

Viajantes que chegam à Colômbia pelo aeroporto de Bogotá estão sendo rastreados quanto à COVID-19. Foto: ONU/Laura Quiñones

Especialistas e financiadores estabelecem prioridades para pesquisas sobre COVID-19

Algumas das principais instituições especializadas em saúde do mundo, inclusive do Brasil, reuniram-se na sede da Organização Mundial da Saúde (OMS), em Genebra, para avaliar o nível atual de conhecimento sobre a COVID-19, doença respiratória provocada pelo novo coronavírus.

O objetivo foi identificar lacunas e trabalhar em conjunto, a fim de acelerar e financiar pesquisas prioritárias necessárias para ajudar a interromper o surto atual e a se preparar para surtos futuros.

A representante do UNFPA no Brasil, Astrid Bant, participou de atividade na Fiocruz, no Rio de Janeiro (RJ) para o Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência. Foto: Fiocruz

‘Arrisque-se, procure mentoras e faça plano de vida’, diz chefe do UNFPA a meninas no Rio

A representante do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) no Brasil, Astrid Bant, nasceu na Holanda e foi a primeira de sua família a cursar faculdade.

Com vasta experiência no Sistema ONU e em organizações internacionais de defesa dos direitos humanos, ela deu algumas dicas de vida e de carreira a meninas com idade entre 12 e 17 anos no Rio de Janeiro (RJ).

A conversa foi promovida na terça-feira (11) pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) por ocasião do Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência.

Mosquito Aedes aegypti é principal vetor do vírus da dengue, zika e chikungunya. Foto: UNICEF/BRZ/Ueslei Marcelino

Casos de dengue nas Américas ultrapassam 3 milhões em 2019

Os países e territórios das Américas notificaram mais de 3 milhões de casos de dengue em 2019, um pico para a região, de acordo com a mais recente atualização epidemiológica da Organização Pan-Americana Saúde (OPAS).

O Brasil, dado seu tamanho populacional, teve 2.241.974 casos em 2019, 70% do total registrado na região e mais da metade das mortes pela doença. O México registrou 268.458 casos; a Nicarágua teve 186.173; a Colômbia, 127.553; e Honduras, 112.708.

Este ano ocorre o aniversário de 25 anos da Conferência de Pequim sobre Mulheres, que marcou uma virada significativa na agenda global para a igualdade de gênero. Foto: Banco Mundial/Arne Hoel

Educação de meninas é indispensável para alcançar desenvolvimento sustentável, diz Guterres

A promoção da educação para meninas adolescentes é “base indispensável para atingirmos os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, afirmou o secretário-geral da ONU, António Guterres, na terça-feira (11).

A declaração foi feita durante evento de lançamento da iniciativa de educação “Drive for 5” na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque. O evento foi organizado pela missão da Irlanda na ONU.

A “Drive for 5” é um plano de ação global para todos os governos se comprometerem com cinco ações transformadoras: 12 anos de educação de qualidade gratuita; ambientes escolares de qualidade; treinamento de professores; viagens seguras entre residência e escola; e proteger a saúde das meninas no ambiente escolar.

O teste, conduzido em 14 localidades na África do Sul, acompanhou mais de 5,4 mil pessoas de 18 a 35 anos, com estado sorológico negativo para o HIV, por mais de 18 meses. Foto: UNAIDS

Estudo experimental de vacina contra HIV é suspenso devido à ineficácia

O Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas (Niaid) dos Estados Unidos anunciou que o ensaio clínico HVTN 702, um estudo de vacina contra o HIV, foi interrompido. Apesar de nenhum problema de segurança ter sido encontrado, os dados independentes e o conselho de supervisão mostraram que a vacina era ineficiente em prevenir a transmissão do vírus.

“Apesar de estarmos obviamente desapontados com os resultados, aprendemos coisas importantes para testes futuros. Agradeço à equipe do estudo por esse importante ensaio clínico da vacina”, disse a diretora-executiva do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS), Winnie Byanyima.

O evento que marcou o Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência, promovido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), foi realizado na capital federal e em outros estados do país. Foto: UNFPA

Oficial do UNFPA inspira meninas em Brasília (DF) a seguir sonhos profissionais

A uma plateia de quase 200 meninas entre 12 e 17 anos em Brasília (DF), a oficial do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) Rachel Quintiliano lembrou sua trajetória profissional e reforçou a importância de mulheres e meninas seguirem seus sonhos profissionais para mudar realidades.

O evento que marcou o Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência, promovido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), foi realizado na capital federal e em outros estados do país.

Uma ilustração digital do coronavírus mostra sua aparência com formato de coroa. Foto: CDC

Coronavírus: OPAS apoia ações de preparo na América Latina e Caribe

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou na terça-feira (11) o nome para a doença causada pelo novo coronavírus: COVID-19. Segundo o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, o ato de nomear é fundamental para prevenir o uso de outros nomes que podem ser imprecisos ou gerar estigma.

Na América Latina e Caribe, foram notificados apenas casos suspeitos, nenhum confirmado. A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) tem trabalhado com os Ministérios da Saúde dos países dessa sub-região, a fim de ajudá-los na preparação para lidar com possíveis importações de casos do COVID-19.

A representante do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) no Brasil, Astrid Bant, em atividade com jovens mães em Manaus (AM). Foto: UNFPA/Keyla Serruya

ARTIGO: Cedo ou tarde, será preciso ter informações sobre sexualidade e direitos

Em artigo, a representante do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), Astrid Bant, afirma que informação, métodos contraceptivos e serviços em saúde sexual e reprodutiva têm se mostrado, ao longo do tempo e no mundo todo, como a estratégia mais eficaz de prevenção a gravidez não intencional ao longo da vida reprodutiva das mulheres.

“Contudo, o fenômeno da gravidez não intencional na adolescência não se resume a isso. Em contextos marcados pela falta de oportunidades, pela discriminação de gênero, pela violência e exploração sexual e pelo casamento precoce, é preciso ir além neste debate.” Leia o artigo completo.

O setor dos transportes é o principal consumidor de combustíveis fósseis na região latino-americana e a principal fonte de poluição atmosférica. Foto: PEXELS(CC)/Joey Lu

Fórum Urbano em Abu Dhabi lança plataforma global de medição da qualidade do ar

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), o Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-HABITAT) e a empresa suíça IQAir lançaram na segunda-feira (10) em Abu Dhabi a maior plataforma de dados de qualidade do ar do mundo.

A ferramenta reúne dados sobre poluição do ar fornecidos em tempo real por mais de 4 mil colaboradores, incluindo cidadãos, comunidades, governos e setor privado, com o objetivo de tornar as cidades mais saudáveis ​​e sustentáveis.

A ONU Mulheres Brasil é finalista do 14º Troféu Mulher Imprensa, promovido pela Revista e Portal Imprensa, que pretende reconhecer o trabalho jornalístico das mulheres dentro e fora das redações no país. Foto: Flickr/ ilouque (CC)

ONU Mulheres é finalista do 14º Troféu Mulher Imprensa

A ONU Mulheres Brasil é finalista do 14º Troféu Mulher Imprensa, promovido pela Revista e Portal Imprensa, que pretende reconhecer o trabalho jornalístico das mulheres dentro e fora das redações no país.

A competição será definida por voto popular por meio de 18 categorias relacionadas a profissionais, veículos e projetos de comunicação que se destacaram no ano de 2019. A premiação também busca incentivar a pauta dos direitos das mulheres nos meios de comunicação.

A 2ª edição do Circuito Urbano terá como tema geral “Cidades Inovadoras e Inclusivas” e como pergunta inspiradora “Como a inovação pode aprimorar serviços e políticas urbanas de maneira inclusiva e sustentável?”. Foto: ONU-Habitat/Lucille Kanzawa

Para prevenir violência no Brasil, estudo recomenda investir em jovens e reduzir acesso a armas

Na última década, as taxas de assassinatos de jovens no Brasil cresceram 17%. Quase metade do total de homicídios do país em 2018 (56 mil) corresponde à morte de homens negros, com idade entre 15 e 29 anos. Os dados foram compilados no estudo “Prevenção da violência juvenil no Brasil: uma análise do que funciona”, produzido pelo Instituto Igarapé com apoio do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA).

Os autores do diagnóstico, Robert Muggah e Ana Paula Pellegrino, alertam que, para reduzir a violência, é necessário ampliar as oportunidades para pessoas jovens por meio de investimentos em educação e empregabilidade equitativos e capazes de desafiar estereótipos de identidade e raça. O foco deve ser dado às regiões menos assistidas pelas políticas públicas. Além disso, é recomendada a redução do acesso às armas de fogo.

30 inspetores e inspetoras do trabalho malineses participaram do treinamento. Foto: OIT

Oficina no Mali visa promover o trabalho decente na cadeia produtiva do algodão

A inspeção do trabalho como estratégia para promover o trabalho decente e combater o trabalho infantil na cadeia produtiva do algodão no Mali foi tema de uma oficina técnica de capacitação, organizada pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) e pelo governo brasileiro na capital do país, Bamako.

Entre os dias 5 e 7 de fevereiro, 30 inspetores e inspetoras do trabalho malineses participaram do treinamento, que abordou técnicas de identificação de déficits no trabalho decente, temas como saúde e segurança e o monitoramento de trabalho infantil no país.

Reunião entre representantes do UNFPA e do governo da Paraíba ocorreu na Casa da ONU, em Brasília (DF). Foto: UNFPA/Fabiane Guimarães

UNFPA discute com governo da Paraíba projeto para desenvolvimento da juventude

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) retomou o diálogo com o governo da Paraíba para o desenvolvimento de um projeto conjunto direcionado a jovens e adolescentes, principalmente meninas, a partir de 10 anos.

As conversas, que se iniciaram em 2016 e foram retomadas agora, vão buscar um objetivo comum: empoderar a juventude com políticas públicas exclusivas para a faixa etária, prevendo um currículo que passe por educação, saúde e habilidades para a vida.

Funcionários checam temperatura de clientes em shopping de Yangon, Mianmar. Foto: Man Yi

OMS convoca reunião de cientistas para retardar disseminação do coronavírus

As mortes pela epidemia de coronavírus ultrapassaram 1.000, confirmou a Organização Mundial de Saúde (OMS) nesta terça-feira (11), quando centenas de especialistas em saúde começaram a se reunir na sede da organização, em Genebra, para ajudar a impedir a propagação da doença, agora conhecida oficialmente como COVID-19.

“Às 6h da manhã de Genebra, nesta manhã, havia 42.708 casos confirmados na China e agora tragicamente superamos 1.000 mortes”, disse Fadela Chaib, porta-voz da OMS.

Vista aérea de Cristalina (GO). Foto: Prefeitura de Cristalina

OIT e MPT apresentam 1ª turma de projeto de aprendizagem inclusiva em Cristalina (GO)

A cidade de Cristalina (GO) conhecerá na quarta-feira (12) a primeira turma do Projeto-Piloto de Aprendizagem Profissional Inclusiva (API), composta por 20 jovens com idade entre 15 e 21 anos matriculados na rede municipal de ensino.

Promovido pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), pelo Ministério da Economia e pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), o evento será realizado na Câmara Municipal de Cristalina, das 9h às 12h, com a presença de autoridades locais e federais, e de representantes de empresas parceiras do projeto e da sociedade civil.

Vista de Aracaju (SE). Foto: Rui Rezende

Capacitação em Sergipe transforma gestores públicos em multiplicadores da Agenda 2030

A capacitação de gestores públicos para se tornarem multiplicadores da Agenda 2030 é peça-chave no processo de territorialização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Com esse objetivo, ocorre até sexta-feira (14) em Aracaju (SE) o Programa Presencial de Capacitação em Territorialização dos ODS, com a presença de representantes de governos municipais e estadual, do setor privado e da sociedade civil de Sergipe.

O curso é oferecido na segunda etapa de implementação do projeto de cooperação técnica Territorialização e Aceleração dos ODS, implementado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) em parceria com a Petrobras.

Em dia internacional, Guterres defende igualdade de gênero na ciência e tecnologia

Menos de 30% dos pesquisadores científicos do mundo são mulheres: essa é apenas uma das estatísticas que mostram quantos desafios ainda restam para mulheres e meninas no campo científico no Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência, lembrado nesta terça-feira (11).

Pedindo o fim do desequilíbrio de gênero na ciência, o secretário-geral da ONU, António Guterres, disse em sua mensagem para o dia que “desmantelar estereótipos de gênero” é um passo essencial.

Ele destacou o fato de que “meninas e meninos têm um desempenho igualmente bom em ciências e matemática, mas apenas uma fração das estudantes do ensino superior optam por estudar ciências” e apelou a um desenvolvimento de carreira mais favorável para mulheres cientistas e pesquisadoras.

O fórum será realizado na primeira semana de maio em Curitiba (PR). Foto: UNIDO

UNIDO propõe realização de fórum de negócios do biogás no Paraná

A Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO) reuniu-se recentemente na Cooperativa Castrolanda, em Castro (PR), com empresas, instituições de ensino e entidades setoriais para discutir a proposta de um fórum de negócios e empreendedorismo do biogás.

O biogás e o biometano são fontes renováveis de energia e combustível geradas a partir da decomposição de resíduos orgânicos com origens diversas, como a agroindústria e ambientes urbanos.

Professora ajuda aluna de uma turma de crianças colombianas e venezuelanas refugiadas no Paraguai. Foto: ACNUR/Vincent Tremeau

O que aprendemos com o primeiro Fórum Global sobre Refugiados?

O primeiro Fórum Global sobre Refugiados reuniu 3 mil participantes do mundo todo em Genebra. O objetivo foi renovar as respostas aos milhões que estão longe de casa devido a guerras e perseguições, e apoiar as comunidades que os acolhem.

Durante o Fórum, grandes compromissos foram firmados com o objetivo de melhorar a vida de 25,9 milhões de refugiados e de seus anfitriões, que estão principalmente nos países em desenvolvimento. Leia o relato da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR).

A cidade de Belo Horizonte, no Brasil. Foto: ONU-Habitat

OIM realiza oficina em BH para inclusão de migrantes no mercado de trabalho

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) realiza na terça-feira (11) mais uma capacitação voltada à implementação de políticas para a inserção de migrantes em situação de vulnerabilidade no mercado de trabalho. Nesta primeira edição de 2020, a atividade acontece em Belo Horizonte, e é aberta ao público.

O evento terá sessões de tira-dúvidas sobre direitos laborais por fiscais do trabalho, e depoimentos de empresas e empregados sobre experiências de sucesso.

AIEA e UNAIDS se comprometeram a ampliar e expandir os serviços para meninas e mulheres adolescentes afetadas por câncer do colo do útero e HIV. Foto: UNAIDS

UNAIDS e AIEA unem forças para ampliar ação contra câncer do colo do útero e HIV

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) e a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) uniram forças para aumentar a ação contra o câncer do colo do útero e o HIV.

Em 2018, cerca de 311 mil mulheres morreram de câncer do colo do útero no mundo, 85% delas em países de baixa e média renda, onde os programas de vacinação para HPV, triagem e tratamento são limitados.

Na África, 28 países não possuem uma única unidade de radioterapia. Parte do trabalho da AIEA é ajudar os países no uso de medicamentos nucleares e de radiação para tratar o câncer cervical e outros tipos de câncer.

A iniciativa prevê a concessão privada do serviço nos 68 municípios atendidos pela Empresa de Saneamento do Mato Grosso do Sul (SANESUL). Foto: SANESUL

MS abre consulta pública para PPP de universalização do esgotamento sanitário

Universalizar a cobertura do serviço de esgotamento sanitário no Mato Grosso do Sul em dez anos é o objetivo do projeto de Parceria Público-Privada apresentado em audiência pública em Campo Grande (MS) no fim de janeiro (31).

A iniciativa prevê a concessão privada do serviço nos 68 municípios atendidos pela Empresa de Saneamento do Mato Grosso do Sul (SANESUL), que representa 98% da cobertura em todo o estado.

Tendo em vista a crescente demanda da sociedade por infraestrutura e serviços públicos de qualidade e, nesse contexto, o potencial das alianças público-privadas, o governo de Mato Grosso do Sul e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) firmaram acordo de cooperação técnica em 2016.

As práticas vencedoras receberão, entre os dias 23 a 25 de novembro, durante a cerimônia da Expo 2020 em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, prêmios em até 1 milhão de dólares. Foto: StockSnap/CC.

ONU-HABITAT: concurso premia práticas urbanas inovadoras; inscrições vão até 30/4

Estão abertas até 30 de abril as inscrições para o 12º ciclo do Prêmio Internacional de Melhores Práticas, uma iniciativa do Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-HABITAT) em cooperação com a Prefeitura de Dubai que premiará práticas urbanas inovadoras em cinco categorias. Podem se inscrever indivíduos e organismos públicos, privados, não governamentais, acadêmicos e de mídia.

As cidades deverão produzir mais de 70% das emissões de gás carbônico globais e consumirão 80% da energia do mundo em 2030. Foto: UNsplash

Fórum em Abu Dhabi debate desafios para garantir desenvolvimento urbano sustentável

A Década de Ação para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) é também a década da rápida urbanização. Estima-se que, em 2030, 60% da humanidade viverá em cidades, e esse percentual deverá saltar para 70% em 2050.

O 10º Fórum Urbano Mundial (WUF, na sigla em inglês), conferência global que ocorre em Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos) até quinta-feira (13), abordará os principais desafios para garantir o desenvolvimento urbano sustentável, incluindo a necessidade de alinhar a implementação da Agenda 2030 com a Nova Agenda Urbana.