ONU em português: Lista com todas as notícias

Diretora-geral da OMS, Margaret Chan, durante a 67ª Assembleia Mundial da Saúde. Foto: OMS/V. Martin

Assembleia Mundial da Saúde aprova orçamento de US$4,4 bi para OMS

A 70ª Assembleia Mundial da Saúde aprovou na quinta-feira (25) o orçamento proposto pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que inclui aproximadamente US$ 4,4 bilhões para o 2018-2019, um aumento de 3% (ou 28 milhões de dólares) em relação ao biênio anterior.

O orçamento proposto estabelece as prioridades da Organização de acordo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Há também um aumento dos investimentos no novo Programa de Emergências em Saúde da OMS (69,1 milhões de dólares) e no combate à resistência antimicrobiana (23,2 milhões de dólares).

Foto: SECOM-Bahia/Raul Golinelli

UNFPA e Criola lançam campanha em defesa da vida e da saúde das mulheres negras

Na semana em que se celebram o Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher e o Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna, lembrados em 28 de maio, a organização não governamental Criola lançou uma campanha de conscientização sobre o tema com o apoio do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA). Iniciativa visa sensibilizar o público nas redes sociais com mensagens sobre o direito das mulheres à vida e à saúde sexual e reprodutiva. Outro tema abordado é o combate ao racismo e a outras formas de discriminação.

Brasil deve aproveitar lições da MINUSTAH em futuras operações de paz, dizem especialistas

O Brasil deve aproveitar a experiência adquirida durante os 13 anos de Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti (MINUSTAH), assim como lições de outras operações mais recentes no mundo, para pensar o futuro de sua contribuição para as operações de paz.

A análise foi feita por representantes de ONU, academia e Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB), do Ministério da Defesa, presentes em workshop ocorrido na segunda-feira (29) na Pontifícia Universidade Católica (PUC-Rio), no Rio de Janeiro.

Arte: ONU

ONU recebe inscrições para concurso de cartões LGBT; prazo é 18 de junho

Estão abertas as inscrições do 1º Concurso de Arte de Cartões LGBTI da Campanha da ONU “Livres & Iguais”. Se você é artista ou profissional de design, desenho e/ou ilustrações, faça sua arte (desenho, pintura, fotografia etc) e se inscreva até o dia 18 de junho. Vencedor(a) terá sua arte exposta e distribuída por todo o Brasil e veiculada nas redes sociais e outros veículos de comunicação da ONU Brasil e de parceiros. Saiba mais aqui.

O alto-comissário assistente para Proteção do ACNUR, Volker Türk, participa da inauguração da Oficina Local de Atenção a Vítimas junto ao vice-presidente de El Salvador, Óscar Ortiz e autoridades do governo. Foto: ACNUR/ Óscar Ramirez

‘O que temos em países da América Central não é um problema de migração, é uma crise de refugiados’

No final de 2016 foram registrados mais de 180 mil refugiados e solicitantes de refúgio de El Salvador, Guatemala e Honduras, representando um aumento de 68% em comparação aos números registrados no ano anterior. Além disso, segundo a Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), cerca de 216 mil pessoas foram deportadas para esses países vindas do México e Estados Unidos, criando pressão nas capacidades de recepção e proteção de seus direitos.

Homem resgatado do trabalho escravo no interior do Maranhão - Foto: Marcello Casal/ABr

Embaixador da OIT, Wagner Moura entrevista trabalhadores resgatados da escravidão

O trabalho forçado ainda é uma realidade para cerca de 21 milhões de pessoas em todo o mundo, afetando países em todos os continentes e gerando mais de 150 bilhões de dólares em lucros ilegais todos os anos. Prática de raízes antigas na história, hoje a escravidão existe sob diversas formas: trabalho forçado, servidão por dívida, jornadas exaustivas e situações degradantes.

Marcando o lançamento da campanha ‘50 For Freedom’, o ator e embaixador da Boa Vontade da Organização Internacional do Trabalho foi convidado a conhecer as histórias de Durval, Rafael, Judimar e Laudir. Confira aqui o vídeo.

Foto: PMA/Isadora Ferreira

Na Costa Rica, países da América Latina discutem abastecimento alimentar

Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos da ONU (PMA) participou da quinta reunião regional da rede de sistemas públicos de abastecimento e comercialização de alimentos da América Latina e Caribe, realizada na Costa Rica.

Representantes de 12 países compartilharam informações e experiências sobre a gestão e as tecnologias da cadeia de alimentos, num esforço conjunto para aprimorar os sistemas de abastecimento alimentar do continente.

Região entre a estação da Luz e Santa Ifigênia, conhecida como Cracolândia. Foto: EBC/Rovena Rosa

ONU manifesta preocupação com possibilidade de internação compulsória de usuários de drogas em SP

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) manifestaram nesta segunda-feira (29) preocupação com a possibilidade de se internar compulsoriamente — e em massa — pessoas usuárias de drogas em São Paulo.

O problema das drogas no mundo é um tema fundamental para a saúde pública, lembraram as agências. Por isso, as políticas públicas devem se orientar por princípios como a garantia de direitos humanos, o acesso aos mais qualificados métodos de tratamento e por evidências científicas, salientaram.

Foto: Logan Abassi/ONU/MINUSTAH

Brasil é um dos 124 países que oferece militares para as missões de paz da ONU

O Brasil é um dos 124 Estados-membros que fornecem tropas para as missões de paz das Nações Unidas. Atualmente, o país contribui com 1.279 militares – dos quais 23 são especialistas que não atuam em batalhões – e 5 policiais.

Conheça nesse vídeo especial do Centro de Informação da ONU para o Brasil (UNIC Rio) a história de uma brasileira que decidiu entrar para as Forças Armadas para ajudar o povo do Haiti na missão da ONU instalada no país.

Foto: ONU/MINUSTAH

Quem são os observadores militares da ONU?

Militares servindo em missões de paz da ONU podem atuar em contingentes – que são batalhões de infantaria enviados para garantir condições de segurança e estabilidade no terreno -, mas também como oficiais de Estado-Maior e observadores.

Esses últimos são responsáveis por monitorar acordos de cessar-fogo. São oficiais que andam desarmados e têm, como principal arma e escudo, a bandeira e o capacete azul das Nações Unidas.

Saiba mais nesse vídeo especial do Centro de Informação da ONU para o Brasil (UNIC Rio).

Profilaxia pré-exposição é mais uma arma na luta contra a transmissão do HIV. Foto: UNAIDS

Agência da ONU elogia decisão de SUS oferecer pílula anti-HIV para pessoas em risco

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) elogiou a decisão do Ministério da Saúde de oferecer a Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) através do Sistema Único de Saúde (SUS). A divulgação da informação foi feita pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, na quarta-feira (24), durante participação na Assembleia Mundial de Saúde em Genebra, na Suíça.

“A incorporação da PrEP ao leque de opções de prevenção é muito bem-vinda”, afirmou a diretora do UNAIDS no Brasil, Georgiana Braga Orillard. “Esse esforço é essencial para acelerar a resposta brasileira rumo ao fim da epidemia.”

VÍDEO: O que é desenvolvimento sustentável?

ONU e BNDES reafirmam importância das parcerias para a conquista dos objetivos globais

A conquista dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) pelo Brasil até 2030 depende de parcerias e da cooperação entre governos, sociedade civil, academia e setor privado, inclusive no âmbito municipal.

Essa foi a conclusão de participantes do “IV Seminário sobre a Localização dos ODS no Brasil: Parcerias para Integrar, Inovar e Incluir”, realizado nesta sexta-feira (26) pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no Rio de Janeiro.

FAO e Instituto Ítalo-Latino-Americano firmam parceria para combater a fome

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e o Instituto Ítalo-Latino-Americano (IILA) firmaram em maio (19) um novo acordo para combater a fome na América Latina. Parceria prevê iniciativas de intercâmbio de conhecimentos, bem como a implementação conjunta de projetos para o desenvolvimento rural. Cooperação conta com o apoio do Ministério das Relações Exteriores da Itália, que anunciou no mesmo mês uma doação de 5 milhões de euros à agência da ONU.

Brasil e ONU querem promover eliminação da transmissão vertical do HIV em municípios. Foto: EBC

Casos de sífilis congênita dobram na América Latina e Caribe no período 2010-2015, chegando a 22,4 mil

Em levantamento publicado na quinta-feira (25), a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) aponta que, na América Latina e no Caribe, os casos de sífilis congênita dobraram em anos recentes — passando de 10.850 ocorrências em 2010 para a marca alarmante de 22,4 mil bebês nascidos com a doença em 2015. Relatório também aborda oscilações das taxas de transmissão vertical — de mãe para filho — do HIV.

Manifestações em Brasília, capital do Brasil, no dia 24 de maio de 2017. Foto: Midia NINJA

Escritório da ONU e CIDH condenam uso excessivo da força durante manifestações e operações de segurança no Brasil

“Instamos o Estado brasileiro a redobrar seus esforços para promover o diálogo e proteger o direito à manifestação pacífica”, disse o representante para América do Sul do Escritório de Direitos Humanos da ONU, Amerigo Incalcaterra. “A manifestação pacífica é uma forma de participação própria das sociedades democráticas, onde as pessoas podem exigir seus direitos humanos e exercer ativamente suas liberdades de opinião e de expressão”, acrescentou.

Comunicado também afirmou preocupação com uso recorrente da violência em conflitos agrários, em especial contra trabalhadores sem-terra, bem como com as operações de segurança em São Paulo envolvendo dependentes químicos usuários de drogas ilícitas. Leia a nota na íntegra aqui.

Marcha das Mulheres Negras Contra o Racismo, em Brasília. Foto: EBC/Marcello Casal Jr.

ONU Mulheres divulga lista de novas integrantes de grupo assessor da sociedade civil

Após receber 150 candidaturas, a ONU Mulheres no Brasil anunciou na quinta-feira (25) as novas integrantes do Grupo Assessor da Sociedade Civil, instância que viabiliza a participação da população brasileira nas discussões da agência das Nações Unidas. As novas participantes darão apoio à representação nacional do organismo de forma voluntária, no período de julho de 2017 a junho de 2019.

O grupo selecionado representa os movimentos de negras, indígenas, trabalhadoras sexuais, atletas, bem como as articulações de mulheres envolvidas na geração de renda, em redes de economia solidária e em iniciativas de prevenção e eliminação da violência de gênero.

Cerrado. Foto: Agência Brasil/Elza Fiúza

Banco Mundial libera US$ 32 mi para ajudar governo brasileiro a cadastrar propriedades rurais do Cerrado

O Banco Mundial e o Ministério do Meio Ambiente assinaram na segunda-feira (22) um acordo de empréstimo para a implementação do Cadastro Ambiental Rural no Bioma Cerrado. Organismo financeiro disponibilizará 32,48 milhões de dólares para a pasta federal. Com o dinheiro, governo conduzirá ações de registro de propriedades, a fim de promover recuperação de áreas degradadas. Nove estados serão beneficiados.

Uma mulher vende vegetais na Gâmbia. Foto: FAO/Seyllou Diallo

Gâmbia discute impactos de programa de aquisição de alimentos no país

A Gâmbia realizou no início de maio (9 e 10) uma consulta nacional para discutir os impactos do Programa de Aquisição de Alimentos para a África (PAA África), uma iniciativa do Programa Mundial de Alimentos (PMA), da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), do Brasil e de nações africanas parceiras para conectar a agricultura familiar a ações de compras públicas de comida.

Niky Fabiancic, coordenador-residente do Sistema Nações Unidas no Brasil, durante o encontro de 30 anos da ABC. Foto: Marcelo Guimarães/ABC

Sistema ONU no Brasil participa de comemorações dos 30 anos da Agência Brasileira de Cooperação

Representantes do Sistema ONU no Brasil participam nesta quinta e sexta-feira (25 e 26) de eventos em comemoração aos 30 anos da Agência Brasileira de Cooperação (ABC).

A ABC foi criada para coordenar os programas e projetos brasileiros de cooperação técnica, no âmbito da política externa brasileira. Integrada ao Ministério das Relações Exteriores (MRE), a ABC trabalha no fortalecimento da cooperação do Brasil com o exterior.

Filme ‘Baixada Nunca Se Rende’ será exibido esta semana no interior de SP

Lançado este mês no Cine Odeon, no Rio, o filme do Centro RIO+ “Baixada Nunca se Rende” será exibido em diversas cidades brasileiras, começando por Botucatu, interior de São Paulo, e Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

O filme de Christian Tragni e Juliana Spinola faz parte de um projeto-piloto que tem como objetivo desenvolver nova metodologia de engajamento de cidadãos das periferias com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Garimpo artesanal é uma das atividades humanas responsável por lançar mercúrio no meio ambiente, ameaçando a natureza e a saúde de homens, mulheres e crianças. Foto: PIXABAY (CC)/johnnyshwang0

Com novas ratificações, convenção da ONU para combater uso de mercúrio entrará em vigor em agosto

Maio de 2017 entrará para a história do combate ao uso de metais pesados que ameaçam o meio ambiente e a saúde da população. A União Europeia e sete de seus Estados-membros ratificaram neste mês (18) a Convenção de Minamata sobre Mercúrio, ultrapassando — e cumprindo — a exigência mínima de 50 países ratificadores para que o acordo entre em vigor.

Documento passará a valer a partir de 16 de agosto desse ano. O pacto prevê que países signatários proíbam a abertura de novas minas de mercúrio, fechem as já existentes e regularizem a mineração artesanal e em pequena escala do ouro.

Foto: Marcello Casal/ABr

ONU pede fim da fístula, um dos ferimentos mais sérios do parto

No Dia Internacional pelo Fim da Fístula Obstétrica, 23 de maio, o diretor-executivo do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), Babatunde Osotimehin, alertou para um dos ferimentos mais sérios que podem ocorrer na hora do parto e que afeta principalmente mulheres de países mais pobres.

O UNFPA trabalha em uma campanha global para eliminar a fístula por meio da prevenção, tratamento e reintegração social. A agência da ONU já apoiou mais de 85 mil cirurgias reparatórias desde 2003 e mais de 15 mil casos somente em 2016.

Menino durante ato contra a violência nas favelas do Rio de Janeiro. Foto: Mídia Ninja

CEPAL lança relatório sobre desenvolvimento social da América Latina e Caribe na terça-feira (30)

A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) divulgará na próxima terça-feira (30) a nova edição de seu principal relatório anual sobre temas de desenvolvimento social. O documento ‘Panorama Social da América Latina 2016’ será lançado pela secretária-executiva da CEPAL, Alicia Bárcena, em coletiva de imprensa na sede do organismo regional, em Santiago do Chile.