Após fim de restrições, ONU e parceiros levam assistência a furianos desalojados

ONU e outras agências de auxílio começaram hoje (28/12) a fornecer assistência humanitária vital a milhares de pessoas deslocadas internamente, abrigadas fora das instalações da Missão de Paz Conjunta das Nações Unidas-União Africana em Darfur.

Após fim de restrições, ONU e parceiros levam assistência a furianos desalojadosA Organização das Nações Unidas e outras agências de auxílio começaram hoje (28/12) a fornecer assistência humanitária vital a milhares de pessoas deslocadas internamente (PDIs), abrigadas fora das instalações da Missão de Paz Conjunta das Nações Unidas-União Africana em Darfur (UNAMID). A ação foi possível por conta do término das restrições a movimentações por via aérea e terrestre a áreas que sofreram recentemente com conflitos.

A Missão escoltou um comboio de auxílio de oito caminhões até Khor Abeche, palco de confrontos recentes entre forças rebeldes e o Governo do Sudão. A cidade fica localizada a 80 quilômetros a nordeste da capital de Darfur do Sul, Nyala.

Cerca de 19 toneladas de comida foram entregues por via aérea ontem (27/12) a mais de dez mil pessoas nos arredores das instalações locais da UNAMID, segundo relatou a Missão. Enquanto isso, um comboio carregando combustível e comida a um número estimado de cinco mil PDIs em Shangil Tobaya, no Darfur do Norte, partiu hoje mais cedo da capital El Fasher. Missões similares para Shaeria, Jagahara e Negaha estão sendo planejadas pela UNAMID e diversos agentes humanitários para os próximos dias.

No sábado (25/12), o Representante Especial Adjunto da ONU-UA em Darfur, Ibrahim Gambari, manifestou grande preocupação com relatos de confrontos ininterruptos no território. Ele insistiu para que as partes envolvidas cessassem os conflitos e cooperassem totalmente com o mediador do processo de paz em Darfur, Djibril Bassolé.

Ao menos 300 mil pessoas foram mortas e 2,7 milhões desalojadas como resultado dos confrontos que têm devastado Darfur nos últimos sete anos.