Apenas 20% do pedido de financiamento para os refugiados da Síria foi atendido, diz ACNUR

Após um mês do pedido de 84 milhões de dólares da ONU para ajudar refugiados da Síria na Jordânia, Líbano, Turquia e Iraque, apenas 20% dos fundos haviam sido entregues.

Os membros de família síria registrando-se como refugiados no norte do Líbano. (UNHCR/ F.Juez).O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) disse hoje (20/04) que um mês após a ONU fazer um pedido de 84 milhões de dólares para ajudar refugiados da Síria na Jordânia, Líbano, Turquia e Iraque, apenas 20% dos fundos foram entregues.

“Das 34 organizações que entraram com pedido por fundos sob o Plano Regional de Resposta à Síria apenas oito, incluindo o ACNUR, receberam financiamento, em um total de 15,6 milhões de dólares”, ressaltou a Porta-Voz do ACNUR, Melissa Fleming, em conferência.

Mais de 61 mil refugiados sírios recebem apoio na região, incluindo 21 mil no Líbano, 13.751 na Jordânia, 23.971 na Turquia e 2.376 no Iraque. Os países têm mantido uma política de fronteiras abertas para os refugiados da Síria com ajuda do ACNUR. “Muitos refugiados chegaram com pouco ou nenhum recurso financeiro e estavam muito dependentes dos esforços das comunidades de acolhimento e de organizações como o ACNUR dedicadas a apoiá-los”, disse ela.

Alimentos e utensílios domésticos básicos são uma preocupação para muitos refugiados que têm pouco ou nenhum recurso financeiro. O ACNUR já forneceu alimentos e utensílios domésticos para mais de 30 mil sírios na Jordânia e no Líbano. O Programa Mundial de Alimentos (PMA) também fornece comida para refugiados na Jordânia e chegou a acordo para iniciar as operações no Líbano.