Antigo palco de testes nucleares dos EUA, Ilhas Marshall receberá visita de especialista da ONU

Essa será a primeira vez em que um especialista independente da ONU visita o local. Calin Georgescu avaliará o impacto dos testes realizados pelos EUA entre 1946 e 1958.

O teste 'Castle Bravo' gerou o pior desastre radiológico na história dos testes dos Estados Unidos. Bikini Atoll, Ilhas Marshall, 1 de Março de 1954. (CTBTO)O Relator Especial da ONU sobre Direitos Humanos e Resíduos Tóxicos, Calin Georgescu, vai visitar as Ilhas Marshall entre 26 e 30 de março para avaliar o impacto sobre os direitos humanos dos testes nucleares realizados pelos Estados Unidos entre 1946 e 1958. Esta é a primeira vez que um especialista do Conselho de Direitos Humanos da ONU visitará o país.

“Pretendo avaliar os esforços empreendidos pelos governos das Ilhas Marshall e dos Estados Unidos para eliminar ou atenuar os efeitos negativos dos testes na população local”, disse Georgescu.

“Esta visita vai dar ao meu mandato a oportunidade de reunir as lições aprendidas no campo de testes nucleares e garantir a responsabilização em casos como esse”, disse Georgescu.”Também será uma oportunidade excepcional para avaliar como direitos básicos, incluindo o direito à alimentação, à habitação adequada e à saúde da população foram afetados”.

Durante a sua missão de quatro dias, o perito independente terá reuniões com funcionários do governo e organizações da sociedade civil. Com base nas informações recolhidas durante a visita, Calin Georgescu preparará um relatório com suas conclusões e recomendações, que será apresentando ao Conselho de Direitos Humanos em setembro de 2012.