O coordenador-residente da ONU no Brasil, Niky Fabiancic, cobrou uma resposta da sociedade e do poder público à dura realidade enfrentada pela juventude afrodescendente. Foto: UNFPA/Agnes Sofia Guimarães

‘O racismo mata e não podemos ser indiferentes’, diz ONU Brasil em lançamento da campanha #VidasNegras

A ONU Brasil lançou na terça-feira (7) a campanha #VidasNegras, iniciativa de conscientização nacional pelo fim da violência contra a juventude afrodescendente. Em cerimônia que reuniu em Brasília cerca de cem autoridades públicas e representantes da sociedade civil e do corpo diplomático, dirigentes das Nações Unidas alertaram que cinco jovens negros morrem a cada duas horas no país. Por ano, o número chega a 23 mil.

O organismo internacional fez um apelo à sociedade brasileira e ao poder público por repostas ao racismo e à discriminação. Um jovem negro é assassinado a cada 23 minutos no Brasil.

UNOPS lança concurso de fotografia sobre infraestrutura

Estão abertas até 12 de novembro as inscrições para o concurso de fotografia “Construindo Vidas Melhores”, do Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) em parceria com o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR) e o Instituto Internacional de Fotografia (IIF).

Focado nos impactos positivos que uma infraestrutura de qualidade pode causar nas vidas das pessoas, o concurso está divido em três categorias: Infraestrutura Urbana, Inclusão social e Diversidade e Soluções Sustentáveis.

O presidente da FNP e prefeito de Campinas, Jonas Donizzete, e o coordenador-residente da ONU no Brasil, Niky Fabiancic, firmaram acordo de parceria em Brasília. Foto: PNUD/Vivian Doherty

ONU Brasil e Frente Nacional dos Prefeitos reforçam parceria pelo desenvolvimento sustentável

O coordenador-residente da ONU no Brasil, Niky Fabiancic, e o presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e prefeito de Campinas (SP), Jonas Donizette, firmaram na terça-feira (4) um memorando de entendimento com o objetivo de criar um marco de cooperação, além de facilitar e fortalecer a colaboração para promoção e alcance dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Unidade de atendimento socioeducativo a adolescentes de Anápolis (GO). Foto: UNOPS

Projeto da ONU apoia reabilitação de jovens em conflito com a lei no Brasil

Desde 2015, o Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) oferece assistência técnica ao governo federal para a construção e atualização arquitetônica de unidades socioeducativas em conformidade com as leis internacionais e nacionais de defesa dos direitos da criança e do adolescente e aos padrões do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (SINASE).

Até o momento, foram inauguradas cinco unidades: duas nas cidades de Sobral e Juazeiro (CE) e outras três em Anápolis (GO), Parnamirim (RN), João Pessoa (PB), em um total de 306 vagas. A expectativa é de que até o fim de 2018 o número total de vagas atinja 900, segundo o gerente de projetos do UNOPS, Jack Camelq.

Porto de Santos. Foto: minplanpac /Creative Commons

Representante de agência da ONU visita Brasil e região para conhecer iniciativas em infraestrutura

Com o atual nível de crescimento populacional, serão necessários no mínimo 70 trilhões de dólares de investimento em infraestrutura global nas próximas décadas. Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) e parceiros desenvolvem metodologia de infraestrutura baseada em evidências (EBI, sigla em inglês) com o objetivo de apoiar os governos a enfrentar os desafios de longo prazo da infraestrutura.

Diretor global de Infraestrutura e Gestão de Projetos UNOPS, Nicholas O’Regan, estará em missão nas próximas duas semanas na região latino-americana – incluindo no Brasil –, onde conhecerá programas e carteiras de projetos em execução e participará de reuniões com representantes e autoridades nacionais e internacionais.