Cooperação entre UNOPS e Mato Grosso contribuiu para economia de mais de 2,9 milhões de reais para o estado. Foto: Pixabay

Escritório da ONU ajuda Mato Grosso a normalizar fornecimento de medicamentos

O Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) apoiou a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES-MT) na normalização do abastecimento de medicamentos, reduzindo os gastos do estado nessa área em mais de 2,9 milhões de reais.

A iniciativa ocorreu como parte do projeto Rede Cidade da Saúde e envolveu os medicamentos do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (CEAF), estratégia para a garantia do acesso a medicamentos no Sistema Único de Saúde (SUS).

A ONU marca todo 4 de abril o Dia Internacional de Sensibilização sobre Minas e Assistência à Desminagem. Neste vídeo, mostramos o trabalho de um especialista em explosivos para neutralizar uma bomba aérea enterrada a uma grande profundidade. Em 2016, 19 locais suspeitos de conter tais bombas foram tornados seguros por equipes do Serviço de Ação Anti-Minas das Nações Unidas (UNMAS) – apoiado pelo Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) e outros parceiros – em Gaza, na Palestina.

VÍDEO: De frente com uma bomba aérea de 900 kg

A ONU marca todo 4 de abril o Dia Internacional de Sensibilização sobre Minas e Assistência à Desminagem. Neste vídeo, mostramos o trabalho de um especialista em explosivos para neutralizar uma bomba aérea enterrada a uma grande profundidade.

Em 2016, 19 locais suspeitos de conter tais bombas foram tornados seguros por equipes do Serviço de Ação Anti-Minas das Nações Unidas (UNMAS) – apoiado pelo Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) e outros parceiros – em Gaza, na Palestina.

Esse programa de ação anti-minas e de ajuda humanitária, por meio de uma implementação efetiva e consistente, ajuda a restaurar a estabilidade em áreas contaminadas por explosivos. Esses esforços permitiram que as famílias que moram em Gaza recuperassem a sensação de segurança. Confira neste vídeo.

Centro de Convenções Ulysses Guimarães em Brasília. Foto: Agência Brasília/Tony Winston

ONU apoia governo do DF em licitação para gerir centro de convenções

O Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) ajudou o governo do Distrito Federal a elaborar o termo de licitação para conceder a instituições privadas o direito de operar o Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Os investimentos para as reformas e adequações necessárias estão estimados em cerca de 12 milhões de reais, e as receitas esperadas com a operação são da ordem de 22 milhões por ano.

Base de dados apoiará decisões de investimento em projetos de infraestrutura no Brasil. Foto: Banco Mundial

ONU apoia criação de base de dados sobre investimentos em infraestrutura no Brasil

O Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) e a Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústria de Base (ABDIB) assinaram em São Paulo (SP) no fim de fevereiro (27) um memorando de entendimento com o objetivo de desenvolver o Observatório da Infraestrutura, uma base de dados que poderá ajudar na definição de prioridades de investimentos no setor.

De acordo com o UNOPS, a base de dados permitirá visualizar informações sobre o quadro geral da oferta de infraestrutura instalada nos estados, nas regiões e no país como um todo. Cada empreendimento em funcionamento terá uma ficha com informações cadastrais, operacionais e financeiras, atualizadas regularmente, com indicadores históricos de oferta, consumo e desempenho.

Vista aérea de Cuiabá, no Mato Grosso. Foto: EBC

Especialistas da ONU vão ao MT discutir formas de melhorar infraestrutura do estado

Especialistas do Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) estarão em Cuiabá até 6 de março para atividades em parceria com a secretarias de Infraestrutura e Logística (SINFRA) e de Educação, Esporte e Lazer (SEDUC) do Mato Grosso com o objetivo de discutir e dar recomendações sobre como melhorar a infraestrutura do estado, especialmente na área de transporte e educação.

As ações estão relacionadas ao Diagnóstico das Capacidade de Infraestrutura (CAT-I), uma ferramenta desenvolvida pelo UNOPS com o objetivo de ajudar países, estados ou cidades a aperfeiçoar e aumentar suas capacidades na área de infraestrutura.

"Luz - No cotidiano da Estação", de Carla Christiani.

Escritório de projetos da ONU divulga vencedores de concurso de fotografia

O Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) divulgou nesta sexta-feira (15) em Brasília (DF) os vencedores do concurso de fotografia “Construindo Vidas Melhores”, que tinha como objetivo destacar a relação entre infraestrutura e a qualidade de vida das pessoas vivendo nas cidades.

O concurso, realizado em parceria com Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR) e o Instituto Internacional de Fotografia (IIF), teve a participação de 68 fotógrafos profissionais e amadores, em um total de 154 fotografias agrupadas em três categorias: infraestrutura; inclusão social e diversidade urbana; e soluções sustentáveis. Veja as fotos vencedoras.

Livro aborda desafios de infraestrutura para a prestação adequada de serviços de saúde. Imagem: UNOPS/Reprodução

Escritório da ONU lança livro sobre infraestrutura hospitalar na América Latina

O Escritório das Nações Unidas para Serviços de Projetos (UNOPS) lançou neste mês a versão digital do livro “Arquitetura para a Saúde na América Latina”, disponibilizado gratuitamente para o público.O livro apresenta experiências de dez países — Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, México, Peru, Uruguai e Venezuela — e aborda conhecimentos sobre planejamento, projeto e construção sustentável e inovadora de edifícios hospitalares.

O coordenador-residente da ONU no Brasil, Niky Fabiancic, cobrou uma resposta da sociedade e do poder público à dura realidade enfrentada pela juventude afrodescendente. Foto: UNFPA/Agnes Sofia Guimarães

‘O racismo mata e não podemos ser indiferentes’, diz ONU Brasil em lançamento da campanha #VidasNegras

A ONU Brasil lançou na terça-feira (7) a campanha #VidasNegras, iniciativa de conscientização nacional pelo fim da violência contra a juventude afrodescendente. Em cerimônia que reuniu em Brasília cerca de cem autoridades públicas e representantes da sociedade civil e do corpo diplomático, dirigentes das Nações Unidas alertaram que cinco jovens negros morrem a cada duas horas no país. Por ano, o número chega a 23 mil.

O organismo internacional fez um apelo à sociedade brasileira e ao poder público por repostas ao racismo e à discriminação. Um jovem negro é assassinado a cada 23 minutos no Brasil.

UNOPS lança concurso de fotografia sobre infraestrutura

Estão abertas até 12 de novembro as inscrições para o concurso de fotografia “Construindo Vidas Melhores”, do Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) em parceria com o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR) e o Instituto Internacional de Fotografia (IIF).

Focado nos impactos positivos que uma infraestrutura de qualidade pode causar nas vidas das pessoas, o concurso está divido em três categorias: Infraestrutura Urbana, Inclusão social e Diversidade e Soluções Sustentáveis.

O presidente da FNP e prefeito de Campinas, Jonas Donizzete, e o coordenador-residente da ONU no Brasil, Niky Fabiancic, firmaram acordo de parceria em Brasília. Foto: PNUD/Vivian Doherty

ONU Brasil e Frente Nacional dos Prefeitos reforçam parceria pelo desenvolvimento sustentável

O coordenador-residente da ONU no Brasil, Niky Fabiancic, e o presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e prefeito de Campinas (SP), Jonas Donizette, firmaram na terça-feira (4) um memorando de entendimento com o objetivo de criar um marco de cooperação, além de facilitar e fortalecer a colaboração para promoção e alcance dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Unidade de atendimento socioeducativo a adolescentes de Anápolis (GO). Foto: UNOPS

Projeto da ONU apoia reabilitação de jovens em conflito com a lei no Brasil

Desde 2015, o Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) oferece assistência técnica ao governo federal para a construção e atualização arquitetônica de unidades socioeducativas em conformidade com as leis internacionais e nacionais de defesa dos direitos da criança e do adolescente e aos padrões do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (SINASE).

Até o momento, foram inauguradas cinco unidades: duas nas cidades de Sobral e Juazeiro (CE) e outras três em Anápolis (GO), Parnamirim (RN), João Pessoa (PB), em um total de 306 vagas. A expectativa é de que até o fim de 2018 o número total de vagas atinja 900, segundo o gerente de projetos do UNOPS, Jack Camelq.

Porto de Santos. Foto: minplanpac /Creative Commons

Representante de agência da ONU visita Brasil e região para conhecer iniciativas em infraestrutura

Com o atual nível de crescimento populacional, serão necessários no mínimo 70 trilhões de dólares de investimento em infraestrutura global nas próximas décadas. Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) e parceiros desenvolvem metodologia de infraestrutura baseada em evidências (EBI, sigla em inglês) com o objetivo de apoiar os governos a enfrentar os desafios de longo prazo da infraestrutura.

Diretor global de Infraestrutura e Gestão de Projetos UNOPS, Nicholas O’Regan, estará em missão nas próximas duas semanas na região latino-americana – incluindo no Brasil –, onde conhecerá programas e carteiras de projetos em execução e participará de reuniões com representantes e autoridades nacionais e internacionais.