Agências da ONU apoiam projetos de impacto social criados por adolescentes no Brasil

A formação será oferecida para 10 equipes entre os dias 12 a 14 de fevereiro de 2020. Foto: PNUD

Você e seus amigos e amigas têm vontade de resolver algum problema relacionado à educação, à empregabilidade ou ao engajamento cidadão, mas sentem que precisam de um empurrãozinho para impulsionar suas ideias?

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) recebem inscrições para a iniciativa “Chama na Solução”, que apoia o desenvolvimento de projetos de impacto social criados por adolescentes.

Junto aos parceiros Viração Educomunicação, Plan International e Escoteiros, a atividade busca fortalecer e incentivar o potencial dos jovens para promover o desenvolvimento.

“Chama na Solução” é o nome dado no Brasil para o projeto global Youth Challenge, por meio do qual adolescentes de 39 países podem participar de formação sobre empreendedorismo social e design centrado no usuário.

A formação será oferecida para dez equipes entre 12 e 14 de fevereiro. Cinco delas podem ainda receber um capital-semente de 4 mil reais.

Além disso, haverá mentoria contínua aos participantes, a partir de fevereiro, para apoiar a implementação das iniciativas criadas durante a formação. Ao fim do processo, há possibilidade de participação na etapa de seleção global, em junho, na qual os projetos serão analisados por uma equipe de especialistas de várias partes do mundo para concorrer a um investimento de até 20 mil dólares.

Inscrições

Os participantes devem estar motivados a resolver problemas que sintam na pele e que tenham relação com os temas desta edição (educação, empregabilidade e engajamento cidadão).

As inscrições podem ser feitas por grupos de três a cinco adolescentes e/ou jovens entre 14 e 24 anos residentes nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba. Escoteiros residentes em qualquer município brasileiro no qual a organização tenha um núcleo também podem se inscrever.

É importante ressaltar que não serão aceitas inscrições de equipes formalmente estabelecidas, com iniciativas já em fase de implementação: o projeto prioriza grupos que tenham clareza em relação a um problema que gostariam de ajudar a resolver, mas para o qual ainda não começaram a desenvolver uma potencial solução.

Não há custos envolvidos para os participantes – todos os adolescentes e jovens selecionados terão o transporte e a alimentação custeados pelo projeto nos dias da oficina presencial. O transporte intermunicipal ou interestadual, a hospedagem e a alimentação dos jovens de fora da Grande São Paulo também ocorrerá por conta do projeto.

As inscrições estão abertas e vão até as 23h59 do dia 19 de janeiro de 2020. Interessados devem se inscrever em: http://bit.do/chama2020.