Agências da ONU apóiam campanha de vacinação contra sarampo na Zâmbia

UNICEF e OMS colaboraram, na semana passada, com autoridades de Zâmbia na imunização de mais de 1,5 milhão de crianças após uma epidemia mortal de sarampo no país.

Criança sendo vacinada contra sarampo. Foto: ONU.O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e a Organização Mundial de Saúde (OMS) colaboraram, na semana passada, com autoridades de Zâmbia na imunização de mais de 1,5 milhão de crianças após uma epidemia mortal de sarampo no país. Uma campanha nacional foi iniciada na segunda-feira (19) na capital Lusaka e seguiu até a última sexta-feira (23). O público-alvo é a população infantil com idade entra 9 e 47 meses.

Pelo menos 78 pessoas morreram e quase três mil casos foram registrados durante a epidemia atual de sarampo, com a área dentro e no entorno da capital sendo a mais afetada. Sarampo é altamente contagioso e pode se alastrar através da tosse e espirro. Também pode causar sérias complicações como pneumonia, diarreia e encefalite.

O representante do UNICEF Charles Lolika destacou que agências da ONU continuariam a trabalhar com autoridades de Zâmbia para tentar melhorar a saúde infantil no país. A campanha de vacinação que está ocorrendo esta semana também incluirá imunização contra pólio em 30 distritos considerados de alto risco.