Agências da ONU apelam por 18,3 milhões de dólares para atender refugiados sudaneses

ACNUR, UNICEF e PMA calculam que quantia é suficiente para ajudar 35 mil pessoas que fugiram para a Etiópia.

Agências da ONU apelam por 18,3 milhões de dólares para atender refugiados sudanesesO Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e o Programa Mundial de Alimentos (PMA) fizeram hoje (27/9) um apelo conjunto por 18,3 milhões de dólares para ajudar 35 mil refugiados que fugiram da violência no estado do Nilo Azul, no Sudão, para a Etiópia.

Tanto o Nilo Azul como Kordofan do Sul, na fronteira do Sudão com Sudão do Sul, são cenários de lutas armadas. Representantes das Nações Unidas pediram que todos os envolvidos cessem as hostilidades e garantam acesso dos trabalhadores humanitários aos necessitados.

Estima-se que 25 mil refugiados tenham chegado na Etiópia desde 3 de setembro, quando o influxo começou. Mais de 3 mil pessoas foram realocados.