FMI

Fundo Monetário Internacional

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

O Fundo Monetário Internacional (FMI) é uma agência especializada das Nações Unidas que foi concebida na conferência de Bretton Woods, New Hampshire, Estados Unidos, em julho de 1944.

O FMI trabalha para promover a cooperação monetária global, garantir a estabilidade financeira, facilitar o comércio internacional, promover o alto nível de emprego e o crescimento econômico sustentável e reduzir a pobreza em todo o mundo.

A missão do FMI é realizada de três maneiras:

Monitoramento do sistema monetário internacional. O FMI monitora o sistema monetário internacional e as políticas econômicas e financeiras dos seus 189 países-membros. Neste processo, que ocorre tanto em nível global como em nível individual de cada país, o FMI destaca os possíveis riscos para a estabilidade e aconselha sobre políticas econômicas.

Empréstimos aos países-membros. Uma responsabilidade central do FMI é dar empréstimos aos países-membros que enfrentam problemas – atuais ou potenciais – de balanço de pagamentos. Esta assistência financeira permite aos países reconstruir suas reservas internacionais, estabilizar suas moedas, continuar pagando as importações e restaurar as condições para um forte crescimento econômico, ao mesmo tempo que implementam políticas para corrigir problemas subjacentes. Ao contrário dos bancos de desenvolvimento, o FMI não empresta para projetos específicos.

Capacitação. Programa de capacitação do FMI – assistência técnica e treinamento – auxilia os países-membros a desenhar e implementar políticas econômicas que promovam a estabilidade e o crescimento, fortalecendo suas capacidades e habilidades institucionais. O FMI busca desenvolver sinergias entre assistência técnica e treinamento para maximizar sua eficácia.

A diretora do FMI, Christine Lagarde (à esquerda), responde perguntas da imprensa durante sua visita ao Complexo do Alemão, em maio de 2015. Foto: FMI

A diretora do FMI, Christine Lagarde (à esquerda), responde perguntas da imprensa durante sua visita ao Complexo do Alemão, em maio de 2015. Foto: FMI

Acesse todas as notícias do FMI clicando aqui.