Agência da ONU promove workshops sobre inclusão de migrantes no setor privado

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) deu início a uma série de workshops para apoiar o setor privado na implementação de políticas para migrantes vulneráveis. O primeiro treinamento foi realizado na terça-feira (4), na Casa da ONU em São Paulo, com a parceria da Rede Brasil do Pacto Global das Nações Unidas. Até fevereiro de 2019, estão previstos cinco capacitações. A próxima acontece em Boa Vista, Roraima, estado que é a principal entrada do fluxo de venezuelanos no Brasil.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) deu início a uma série de workshops para apoiar o setor privado na implementação de políticas para migrantes vulneráveis. O primeiro treinamento foi realizado na terça-feira (4), na Casa da ONU em São Paulo, com a parceria da Rede Brasil do Pacto Global das Nações Unidas. Até fevereiro de 2019, estão previstos cinco capacitações. A próxima acontece em Boa Vista, Roraima, estado que é a principal entrada do fluxo de venezuelanos no Brasil.

Durante o primeiro semestre de 2018, a OIM e o Pacto Global da ONU entrevistaram 79 empresas, a fim de compreender suas políticas para migrantes internacionais. O resultado desta pesquisa (disponível aqui) orientou a construção de três módulos de formação que vão guiar os workshops.

O primeiro módulo trabalha a sensibilização em relação à migração internacional, enquanto o segundo tem foco na gestão dos recursos humanos e em como esse processo pode ser reelaborado para apoiar a integração de estrangeiros. O terceiro aborda as políticas de responsabilidade social e como essas estratégias melhoram o desempenho das companhias, além de contribuir para a sociedade como um todo.

Com as seções de treinamento, a OIM auxilia as empresas privadas a reavaliar as políticas existentes e desenvolver novas iniciativas de inserção dos migrantes no mercado de trabalho brasileiro.

A série de workshops faz parte do projeto “Aprimorando a Assistência Jurídica dos Migrantes no Brasil e Promovendo seu Acesso ao Mercado de Trabalho”, financiado pelo Fundo de Desenvolvimento da OIM (IDF). Para melhorar o apoio legal, o programa conta com a parceria da Defensoria Pública da União (DPU). A promoção da inclusão laboral tem o suporte dos parceiros do setor privado, que também participam das capacitações.

De acordo com o chefe de Missão da OIM Brasil, Stéphane Rostiaux, “essa dupla abordagem que compreende tanto a proteção legal dos migrantes quanto a inserção precoce no mercado de trabalho impacta profundamente a realidade, com foco em dois dos principais problemas da comunidade migrante de maneira coordenada”.

As próximas cinco seções de treinamento serão realizadas pela agência da ONU em parceria com a Integra Diversidade e com o apoio de vários atores locais.

Para maiores informações, contate:
Marcelo Torelly, OIM Brasil, tel. +5561 3038.9014, e-mail: mtorelly@iom.int


Mais notícias de:

Comente

comentários