União Internacional de Telecomunicações lança nova política de acesso a documentos

A União Internacional de Telecomunicações (UIT) lançou no início do mês uma nova política de acesso a informação, comprometendo-se a manter mais documentos criados e geridos pela agência abertos e disponíveis em ambiente online.

União Internacional de Telecomunicações (UIT) alterou sua política de divulgação de documentos. Foto: ONU/Devra Berkowitz

União Internacional de Telecomunicações (UIT) alterou sua política de divulgação de documentos. Foto: ONU/Devra Berkowitz

A União Internacional de Telecomunicações (UIT) lançou no início do mês uma nova política de acesso a informação, comprometendo-se a manter mais documentos criados e geridos pela agência abertos e disponíveis em ambiente online.

A decisão foi tomada pelo conselho de governança da OIT no ano passado. Pretende dar acesso público a informação das principais conferências e reuniões da agência, em linha com outras organizações internacionais como Banco Mundial, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

A expectativa é de que a medida amplie a transparência sobre os processos decisórios na organização.

“A decisão do conselho da UIT dá mais informações e insights sobre os métodos de trabalho da UIT e os procedimentos de tomada de decisão para o público em geral e promove mais transparência e prestação de contas”, disse o secretário-geral da UIT, Houlin Zhao. “Um dos poderes da UIT é sua capacidade de tornar as organizações mais confiáveis. A UIT pretende dar o exemplo”.

Desde 1º de janeiro, decisões sumárias, relatórios e outros documentos passaram a ficar disponíveis ao público por meio do site da UIT. Esse processo será padrão para as conferências e reuniões da UIT nos próximos anos.