Agência da ONU lança campanha de promoção do bem-estar mental

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

A Semana do Bem-Estar nas Américas foi lançada na segunda-feira (11) na sede da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), nos Estados Unidos, com atividades programadas em toda a região. As ações incluem um seminário sobre como melhorar o bem-estar, de forma a reduzir o estresse e alcançar melhores resultados, e eventos que promovem alimentação saudável e atividade física.

No Brasil, a quinta edição da Caminhada pela Saúde ocorre em 23 de setembro no estacionamento 10 do Parque da Cidade, em Brasília (DF), a partir das 8h00.

Correr beneficia a saúde mental. Foto: ONU Suriname

Correr beneficia a saúde mental. Foto: ONU Suriname

A Semana do Bem-Estar nas Américas foi lançada na segunda-feira (11) na sede da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), em Washington, D.C., nos Estados Unidos, com diversas atividades programadas em toda a região. As ações incluem um seminário sobre como melhorar o bem-estar, de forma a reduzir o estresse e alcançar melhores resultados, e eventos que promovem alimentação saudável e atividade física.

O tema da semana neste ano é “Vamos falar sobre o nosso bem-estar!”, com foco na promoção do bem-estar mental nos lugares onde aprendemos, trabalhamos, brincamos e amamos. Na região das Américas, uma em cada quatro pessoas sofre de alguma forma de doença mental em algum momento de sua vida. Dada a importância de promover o bem-estar mental e em outras áreas, a OPAS convidou todos os países da região a participar da celebração com atividades relacionadas ao tema.

“Nesta semana promovemos a saúde e o bem-estar em toda a região das Américas. Ao lado de nossos parceiros e comunidades, a Semana do Bem-Estar celebra e mostra o trabalho que está sendo realizado nos países das Américas para promover um estilo de vida saudável, assim como ambientes e políticas saudáveis”, disse a diretora da OPAS, Carissa F. Etienne, em convite público para participar das atividades da semana. “Juntem-se ao movimento. Falemos sobre o nosso bem-estar”, acrescentou.

Entre as atividades que a OPAS planejou nesta semana em sua sede estão o gerenciamento de estresse, a alimentação saudável e a atividade física, como ioga e dança. Um seminário virtual que busca capacitar as pessoas com técnicas de meditação será aberto ao público em geral, tanto na sede da OPAS quanto virtualmente.

Um dos destaques da Semana do Bem-Estar é a Caminhada pela Saúde, um evento que começou há cerca de 20 anos e encoraja a equipe, os membros de suas famílias e amigos, a participarem de uma caminhada ao longo de uma bela rota por Washington, no dia 15 de setembro.

No Brasil, a quinta edição da Caminhada pela Saúde ocorre em 23 de setembro no estacionamento 10 do Parque da Cidade, em Brasília (DF), a partir das 8h00. Inscreva-se aqui e garanta seu kit caminhada.

Outras representações da OPAS nas Américas também realizarão uma série de eventos no marco da Semana do Bem-Estar. Um exemplo é o “zumbathon”, que será realizado como uma das várias atividades ao ar livre em El Salvador. No Chile, a equipe da OPAS discutirá como promover mudanças comportamentais para um estilo de vida saudável. Em Cuba, uma agenda completa de atividades variadas foi planejada em parques, escolas, feiras e eventos educacionais voltados para prevenção de doenças e promoção da saúde.

A Semana do Bem-Estar foi originalmente inspirada pelo Dia do Bem-Estar no Caribe, realizado em setembro nos países caribenhos de língua inglesa para aumentar a conscientização sobre a prevenção de doenças não transmissíveis por meio de estilos de vida saudáveis. Desde 2011, as comunidades em todo o hemisfério participam de atividades que vão desde caminhadas e passeios de bicicleta até feiras de alimentos saudáveis.

A OPAS trabalha com os países das Américas para melhorar a saúde e a qualidade de vida das pessoas em todo o continente. Fundada em 1902, a OPAS é a mais antiga agência internacional de saúde pública do mundo, sendo o Escritório Regional da Organização Mundial de Saúde para as Américas e a agência especializada em saúde do sistema interamericano.


Mais notícias de:

Comente

comentários