Agência da ONU e comissão brasileira para população renovam parceria de duas décadas

Segundo representante da ONU, o Brasil “tem contribuído com políticas públicas, conhecimento e ativismo” na área de população e desenvolvimento.

5ª Reunião Plenária da CNPD, onde ocorreu a renovação da parceria entre a UNFPA e a CNPD. Foto: UNFPA

5ª Reunião Plenária da CNPD, onde ocorreu a renovação da parceria entre a UNFPA e a CNPD. Foto: UNFPA

Durante a abertura de sua 5ª Reunião Plenária em Brasília, na última quinta-feira (24), a Comissão Nacional de População e Desenvolvimento (CNPD) assinou um novo acordo de cooperação técnica com o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), renovando uma parceria que iniciada há duas décadas.

“A assinatura do acordo renova os fortes laços de cooperação existentes”, ressaltou o representante na UNFPA durante o ato. “O Brasil é um dos cinco parceiros mais importantes para a Conferência Internacional de População e Desenvolvimento (CIPD). [Ele] tem contribuído com políticas públicas, conhecimento e ativismo em nível local e internacional, o que dá legitimidade ao país”.

O acordo prevê a elaboração de um novo sistema de monitoramento dos indicadores da CIPD e insumos para a participação da comissão nacional no processo de revisão do Programa de Ação do Cairo, um marco no tratamento das questões relativas ao planejamento e desenvolvimento populacional e cujas metas terminam em 2014.