Agência da ONU ajudará países a padronizar e difundir conexão 5G

Em encontro na Tunísia para discutir desafios de padronização das novas tecnologias de informação e comunicação, Estados-membros da União Internacional de Telecomunicações (UIT) elogiaram o trabalho da agência da ONU e pediram apoio do organismo para estabelecer redes 5G de alta performance.

UIT vai apoiar países na construção de redes 5G de alta performance. Foto: Pexels

UIT vai apoiar países na construção de redes 5G de alta performance. Foto: Pexels

Para estabelecer redes 5G de alta performance, Estados-membros solicitaram na semana passada (3) apoio da União Internacional de Telecomunicações (UIT), organismo da ONU que lidera esforços para padronizar diferentes tipos de conectividade em todo o mundo. Países pediram à agência que fortaleça seus estudos sobre inovações em redes de internet.

Reunidos em Hammamet, na Tunísia, para a Assembleia Mundial de Padronização das Telecomunicações, representantes de 92 nações ressaltaram a importância do trabalho da UIT para avançar o desenvolvimento da “Internet das coisas”, de novas tecnologias em vídeo, das cidades e comunidades inteligentes e de redes ultrarrápidas de transporte.

A comunidade internacional presente no evento também encorajou a UIT a fortalecer a proteção do consumidor em ambientes digitais e a definir tarifas acessíveis de roaming. Para Estados-membros, a agência da ONU deve ainda apoiar o uso da computação em nuvem para o registro de dados envolvendo o itinerário de aeronaves e veículos e as atividades de outras maquinarias conectadas.

A agência da ONU acredita que as orientações acordadas durante a Assembleia Mundial darão novo ímpeto ao trabalho da UIT. O encontro que ocorreu na Tunísia acontece a cada quatro ano e é o principal evento da União Internacional para definir, junto às nações, metas de padronização e qualidade em tecnologias de informação e comunicação.