Africanos precisam liderar definição dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, avalia ONUDI

Diretor-Geral da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial, Kandeh K. Yumkella, afirma que prosperidade do setor privado e criação de empregos precisam ser o centro da nova agenda.

Diretor-Geral da ONUDI, Kandeh K. YumkellaA África pode concretizar seu potencial econômico se os africanos tomarem a liderança na definição dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e assegurarem que a prosperidade do setor privado e a criação de empregos estejam no centro da nova agenda, avaliou o Diretor-Geral da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (ONUDI), Kandeh K. Yumkella, nesta segunda-feira (28).

Em discurso na 20ª Cúpula da União Africana, em Addis Adeba, capital da Etiópia, Yumkella se mostrou otimista e afirmou que o desenvolvimento do continente depende “de vontade política e escolhas certas“.

Segundo ele, o crescimento da África tem sido impulsionado pelo boom da exportação de commodities. “Isso deve mudar nos próximos 20 anos. Nós devemos ser a próxima fronteira industrial”, previu Yumkella.

O Diretor-Geral destacou as oportunidades de negócio na região e lembrou que as autoridades precisam agir com responsabilidade para criar 10 milhões de empregos por ano para os jovens e tirar da pobreza extrema mais de 50% da população.


Comente

comentários