ACNUR: Refugiados que vivem no Distrito Federal vão receber 40 bicicletas no Dia das Boas Ações

Doação de bicicletas reformadas acontece neste domingo (10) e faz parte de diversas atividades que ocorrerão em todo o Brasil para comemorar o Dia das Boas Ações.

Refugiados de diferentes nacionalidades e idades receberão bicicletas por meio de uma iniciativa integrada do ACNUR em parceria com a organização Rodas da Paz e o Instituto Migrações e Direitos Humanos. Foto: ACNUR / L. F. Godinho

Refugiados de diferentes nacionalidades e idades receberão bicicletas por meio de uma iniciativa integrada do ACNUR em parceria com a organização Rodas da Paz e o Instituto Migrações e Direitos Humanos. Foto: ACNUR / L. F. Godinho

No próximo domingo (10), 70 países vão celebrar o Dia das Boas Ações. No Brasil, as comemorações da data serão particularmente especiais para um grupo de refugiados que vivem em Brasília e em outras localidades do Distrito Federal.

Em iniciativa que conta com o apoio da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), a organização não governamental Rodas da Paz vai doar 40 bicicletas reformadas para adultos e crianças refugiados de diferentes nacionalidades que escolheram a capital brasileira como local para reconstruir suas vidas, longe de guerras, conflitos e perseguições.

O evento acontece no Parque Ana Lídia – estacionamento 12 do Parque da Cidade –, às 10h, no âmbito da programação do Dia das Boas Ações, que será marcado também em São Paulo e no Rio de Janeiro. A doação também é apoiada pelo Instituto Migrações e Direitos Humanos (IMDH).

Com o projeto, as organizações esperam que as bicicletas, antes esquecidas, façam parte da vida dos refugiados, que poderão usá-las para o deslocamento ao trabalho ou mesmo para atividades de lazer e para a prática de esportes.

A doação do próximo domingo reflete o espírito do Dia das Boas Ações: qualquer pessoa pode se voluntariar e fazer algo para melhorar a vida dos outros e provocar mudanças positivas no mundo.

Esta já é a segunda vez em que a Rodas da Paz promove a doação de bicicletas a refugiados que vivem no Distrito Federal. Em 2012, foi feita uma doação durante o passeio ciclístico promovido todos os anos pela organização.

Brasil é capital global das comemorações do Dia das Boas Ações em 2016

Celebrado desde 2007, a data foi criada pela ONG israelense Ruach Tova. Em 2016, o Brasil foi escolhido como a capital global das comemorações.

A organização dos diversos eventos no país está a cargo da Atados, uma plataforma de voluntariado que conecta empresas, indivíduos e organizações interessadas em apoiar projetos que precisam de apoio, seja como voluntários, seja através de recursos financeiros.

Saiba como participar clicando aqui.