ACNUR elogia Canadá por receber mais 25 mil refugiados da Síria

Agência da ONU estima que 10% dos 4,1 milhões de refugiados registrados em países vizinhos da Síria são vulneráveis e necessitam ser reassentados ou admitidos de forma humanitária em outro país.

Entre os refugiados mais vulneráveis se encontram milhões de crianças sírias. Foto: ACNUR/O.Laban-Mattel

Entre os refugiados mais vulneráveis se encontram milhões de crianças sírias. Foto: ACNUR/O.Laban-Mattel

O Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR) parabenizou nesta segunda-feira (10) o anúncio feito pelo Governo do Canadá de que o país irá receber mais 25 mil refugiados sírios por meio de programas de admissão humanitárias até o final de 2015.

“Este é um enorme gesto de solidariedade junto ao povo sírio e aos países vizinhos da Síria, aos quais juntos estão hospedando mais de quatro milhões de refugiados e arcando com o ônus desta crise. Eu convido aos demais países a seguir o exemplo do Canadá, potencializando seus recursos e aumentando expressivamente o número de refugiados sírios que, uma vez em um país seguro, são capazes de reconstruir suas vidas sem se exporem às perigosas jornadas”, disse o alto comissário da ONU para Refugiados, António Guterres.

“Muitos refugiados vulneráveis estão se debilitando em países vizinhos da Síria, envolvidos em uma espiral sem fim de pobreza e riscos enquanto lutam para satisfazer suas necessidades básicas. Precisamos de muitos outros programas ambiciosos como este para oferecer aos sírios a chance de recomeçar suas vidas”, acrescentou Guterres.

O ACNUR atuará junto às autoridades de imigração canadenses para permitir a rápida identificação dos sírios mais vulneráveis do Oriente Médio, especialmente daqueles que se encontram no Líbano e na Jordânia, para facilitar a sua mudança ao Canadá.

O anúncio se soma ao compromisso firmado pelo Canadá em receber 10 mil refugiados sírios até setembro de 2016, de acordo com a conferência promovida pelo ACNUR para o reassentamento e outras formas de admissão humanitária realizada em dezembro de 2014. O número total de locais para sírios no âmbito deste programa chega a 155.408 divididos em cerca de 30 diferentes países.

O ACNUR estima que 10% dos 4,1 milhões de refugiados registrados em países vizinhos da Síria são vulneráveis e necessitam ser reassentados ou admitidos de forma humanitária em outro país.