A campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres” é uma mobilização global da sociedade civil.

No Brasil, a iniciativa dura 21 dias, pois inicia no dia 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra, e se encerra no dia 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos. Esta mobilização global é apoiada pela campanha do Secretário-Geral da ONU “Una-se pelo Fim da Violência Contra as Mulheres”, com o objetivo de sensibilizar, galvanizar o ativismo e compartilhar conhecimento e inovação no que se refere a prevenir e eliminar a violência contra mulheres e meninas em todo o mundo.

Governos, sociedade civil, escolas, universidades, empresas, associações esportivas e as pessoas individualmente manifestam solidariedade às vítimas, às ativistas, aos movimentos de mulheres e às defensoras dos direitos humanos das mulheres para pôr fim à violência contra mulheres e meninas.

Desde 2008, a campanha do Secretário-Geral da ONU “UNA-SE pelo Fim da Violência contra as Mulheres” atua para gerar mais consciência pública e incrementar a vontade política e os recursos designados a prevenir e responder à violência contra mulheres e meninas.

Para isso, as Nações Unidas fazem um chamado a governos, sociedade civil, meios de comunicação, setor privado, jovens, homens e mulheres, a somar esforços para pôr fim à violência contra as mulheres e meninas.

Todo mês tem #DiaLaranja

O dia 25 de cada mês é proclamado pela ONU como “Dia Laranja”. É um momento de aumentar a conscientização e ações para o fim da violência contra as mulheres e meninas. A cor laranja, vibrante e otimista, representa um futuro livre de violência. No Dia Laranja, todo dia 25, governos, ativistas, sociedade, mídia e demais parcerias das Nações Unidas em todo o mundo são chamadas e chamados a mobilizar pessoas e agir pela prevenção da violência contra mulheres e meninas.

Violência contra as mulheres é ‘pandemia global’, diz chefe da ONU

Programação da ONU Brasil

20 de novembro de 2018

ONU Mulheres: Debate “O Que São Direitos Humanos?”” no I Seminário de Direitos Humanos do ADURN – Sindicato, UFRN

Youtube – ONU Mulheres – 20/11 a 10/12 – Início da ação digital com YouTube – violências na web

Donas da Rua, Mauricio de Sousa, Instituto Avon – 20/11 a 10/12 – 21 tirinhas: Construindo Novas Histórias para Meninas e Meninos

22 de novembro

ONU Mulheres – Campo Grande
Palestra sobre Investigação e Processamento Judicial do Feminicídio sob a perspectiva de gênero

IX Encontro Nacional do Ministério Público de Violência Doméstica – COPEVID
USP Mulheres e ElesPorElas – Semanas temáticas – Violência contra as mulheres Construções das Sexualidades e Impactos Interseccionais
Horário: 17h30
Local: IME-USP, sala 144, Bloco B

23 de novembro

ONU Mulheres – UFPB – ElesPorElas – João Pessoa – Congresso Brasileiro ElesPorElas
Governo da Paraíba – Assinatura do Decreto que cria o Grupo de Trabalho Interinstitucional (GTI) visa adaptar à realidade da Paraíba as diretrizes nacionais para investigar, processar e julgar, com perspectiva de gênero, as mortes violentas de mulheres (feminicídios)

24 de novembro

ONU Mulheres – UFPB – ElesPorElas – João Pessoa – Congresso Brasileiro ElesPorElas

ACNUR – Boa Vista – Rodas de conversa com mulheres e adolescentes Warao e Eñepà sobre leis brasileiras sobre violência de gênero.

25 de novembro

ONU Mulheres – Natal – Atividade com público no Estande dos Jogos Escolares da Juventude

ACNUR – Boa Vista – Rodas de conversa com homens Warao e Eñepà sobre a importância da figura feminina em suas culturas, visando a construção de materiais sobre o combate a SGBV. Os informativos serão apresentados com toda a comunidade do dia 07/12 ou 08/12.

ACNUR – Rio de Janeiro – 25/11 a 10/12 Oficinas sobre Empoderamento Feminino e Novas Masculinidades por meio da Arte. 17 mulheres e 17 homens refugiados. Apresentação final de dança em 05/12 e lançamento de video-registro em 10/12

26 de novembro

OPAS – Lançamento do vídeo sobre gênero, raça e saúde

ACNUR – Boa Vista – 26/11 a 05/12 -Apresentação de dança e preparação das vestimentas por grupo de artesãs. Adultas costuram com as mais jovens para a confecção dessas vestimentas tradicionais na intenção de resgatar o empoderamento feminino Warao, terminando após uma semana em uma apresentação de dança feminina com esses vestidos

27 de novembro

USP Mulheres e ElesPorElas – Semanas temáticas – Violência contra as mulheres Mulheres e nos Esportes – Quais os reais impedimentos?
Local: Salão Multiuso – CEPEUSP
Horário: 17h30

28 de novembro

ACNUR – Brasília – Lançamento da Plataforma sobre o Perfil das Solicitações de Refúgio baseadas na Orientação Sexual e/ou Identidade de Gênero seguida de uma Roda de Conversa com sociedade civil e Conare sobre gênero e refúgio

29 de novembro

UNESCO – Brasília – Café conhecimento – mobilização pelo fim da violência de gênero. Debate com Gina Vieira Ponte de Albuquerque e Sandra Gomes Melo

1 de dezembro

ACNUR – Brasília – Treinamento informativo e roda de conversas com mulheres venezuelanas refugiadas interiorizadas no abrigo Aldeias Infantis.

3 de dezembro

ACNUR – Manaus – Lançamento do fluxograma de respostas (SOP) à violência de gênero

ONU Mulheres – Instituto Avon – São Paulo – Café da Manhã com empresas: mobilização pelo fim da violência contra as mulheres

4 de dezembro

ONU Mulheres – Brasília
Estratégias de Litigância, defesa dos direitos das mulheres e das defensoras dos direitos humanos

5 de dezembro

ONU Mulheres – Brasília
Participação na Solenidade de Abertura do Seminário Internacional CNMP

ACNUR – SP – 25/11 a 05/12 – Produção de mini-documentário, pela Caritas São Paulo, com narrativas de refugiadas de várias nacionalidades e uma brasileira com mensagens contra a violência contra a mulher.

USP Mulheres e ElesPorElas – Semanas temáticas – Violência contra as mulheres Mulheres e a Cidade: Ocupação e segurança nos espaços públicos
Local: FAU-USP, sala 807, último andar
Horário: 17h30

6 de dezembro

ONU Mulheres – Rio de Janeiro – Participação da Solenidade de Abertura no Seminário Gênero e Direito – TJRJ

7 de dezembro

UNOPS – ONU Mulheres – SECONDI-DF – Brasília – Palestra sobre Violência Contra Mulher para atores da construção civil

ACNUR – Boa Vista – (ou dia 08/12) Realização de uma campanha no abrigo Pintolândia sobre as legislações brasileiras no combate a SGBV. Os homens apresentarão as cartilhas elaboradas em seus idiomas sobre mensagens positivas do combate a violência e as mulheres apresentarão a dança resultado das rodas de conversa

8 de dezembro

ACNUR – SP – Participação de debate na “Mostra Refúgios Culturais”, SESC Vila Mariana, sobre situação Venezuela, violência de gênero e novas masculinidades

ACNUR – Manaus – Roda de conversa com refugiados e brasileiros sobre PREP e direitos sexuais

9 de dezembro

Governo da Bahia – Cidade de Juazeiro – ONU Mulheres – Juazeiro – Evento de Culminância do projeto piloto O Valente Não É Violento

10 de dezembro

ONU Mulheres – Brasília – Reunião das organizações do Consórcio da Lei Maria da Penha

12 de dezembro

Comissão Mista de Violência constra as Mulheres do Congresso Nacional – Brasília – Seminário Lei Maria da Penha