11ª edição do Prêmio Itaú-UNICEF começa na terça (29)

A grande novidade deste ano é que, pela primeira vez, as escolas parceiras das ONGs também serão premiadas.

Imagem: Prêmio Itaú-UNICEF

Imagem: Prêmio Itaú-UNICEF

Começa na próxima terça-feira (29), a entrega da 11ª. edição do Prêmio Itaú-UNICEF, homenageando os projetos vencedores regionais. Com o tema Educação Integral: aprendizagem que transforma, o reconhecimento valida e reforça que a parceria entre ONG e escola pública é um caminho para a transformação e para a garantia de direitos e para o enfrentamento das desigualdades. Essa é uma iniciativa da Fundação Itaú Social e do Fundo da ONU para a Infância, com a coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).

Cada edição do Programa compõe-se de dois anos, sendo o primeiro ano de premiação e o segundo, de formação. O objetivo é reconhecer, estimular e dar visibilidade ao trabalho em parceria de organizações da sociedade civil e escolas públicas, para a educação integral de crianças, adolescentes e jovens brasileiros e oferecer processos de formação para agentes públicos com vistas à apropriação de metodologias de avaliação.

Nesta etapa de premiação regional, serão homenageados 32 projetos, quatro por regional, um de cada porte: micro, pequeno, médio e grande. Cada uma das 32 organizações da sociedade civil e das 32 escolas públicas parceiras responsáveis pelos projetos vencedores regionais receberá, como prêmio, o valor de 25 mil reais. No caso das organizações da sociedade civil, o prêmio em dinheiro deverá ser destinado exclusivamente para a manutenção ou ampliação do projeto, e, no caso das escolas, para o fortalecimento e a ampliação das ações de educação integral.

A primeira regional a receber o prêmio será Ribeirão Preto e a premiação transcorre até 20 de outubro, com o reconhecimento final dos projetos desenvolvidos na regional São Paulo. Veja aqui quais são os projetos semifinalistas da 11ª edição do Prêmio Itaú-UNICEF.